28 de fevereiro de 2024
Colunistas Fernando Gabeira

Diário da crise CDLIV

Bolsonaro anda mal nas pesquisas. Segundo elas, perde para qualquer um dos outros candidatos num segundo turno. E o que é pior: 51 por cento dos entrevistados o consideraram incompetente, despreparado e pouco inteligente para o cargo.

Ele ultrapassou mais um limite, ao referir-se à carta da CPI, pedindo que se manifeste sobre o encontro com Luis Miranda.
-Estou cagando para a CPI.

É muito raro ouvir um tipo de afirmação dessas vindas de um presidente. Os jornais a reproduziram mas, infelizmente, nos joga numa situação difícil.
Imagina ter que comentar isto na televisão. De um modo geral, você  comenta projetos de um presidente, visão de mundo, estratégia, comentar atividades fisiológicas é o fim da picada. Isso se faz no consultório médico, quando há algum problema.

O Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Carlos Almeida Batista Junior deu entrevista reafirmando a nota intimidatória contra o senador Omar Aziz.
Ele é simpatizante do Bolsonaro e afirmou que não está ameaçando ninguém porque”homem armado não ameaça”.
Um tipo de pensamento que não é muito estranho a algumas correntes na Aeronáutica. No passado, fizeram as revoltas de Jacareacanga e Aragarças.
Trabalhei com um repórter que cobria essa área. Chamava-se Redento Junior, era veterano e eu começava na profissão. Através dele, conheci o capitão Lameirão, que depois se mudou para Juiz de Fora.

Com esse tipo de comando, podem surgir correntes como as que existiram no passado na Aeronáutica?
É cedo para dizer. Mas temos que ficar atentos.

Amanhã às 10h faço uma live em homenagem a Alfredo Sirkis, querido amigo que morreu no ano passado. E ainda tenho alguns compromissos no sábado. Mas tudo indica que será ainda um tranquilo fim de semana.
Bolsonaro promete um golpe para o ano que os o consideraram incompetente, despreparado e pouco inteligente para o cargo.

Ele ultrapassou mais um limite, ao referir-se à carta da CPI, pedindo que se manifeste sobre o encontro com Luis Miranda.
-Estou cagando para a CPI.

É muito raro ouvir um tipo de afirmação dessas vindas de um presidente. Os jornais a reproduziram mas, infelizmente, nos joga numa situação difícil.
Imagina ter que comentar isto na televisão. De um modo geral, você  comenta projetos de um presidente, visão de mundo, estratégia, comentar atividades fisiológicas é o fim da picada. Isso se faz no consultório médico, quando há algum problema.

O Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Carlos Almeida Batista Junior deu entrevista reafirmando a nota intimidatória contra o senador Omar Aziz.
Ele é simpatizante do Bolsonaro e afirmou que não está ameaçando ninguém porque”homem armado não ameaça”.

Um tipo de pensamento que não é muito estranho a algumas correntes na Aeronáutica. No passado, fizeram as revoltas de Jacareacanga e Aragarças.
Trabalhei com um repórter que cobria essa área. Chamava-se Redento Junior, era veterano e eu começava na profissão. Através dele, conheci o capitão Lameirão, que depois se mudou para Juiz de Fora.

Com esse tipo de comando, podem surgir correntes como as que existiram no passado na Aeronáutica?
É cedo para dizer. Mas temos que ficar atentos.

Amanhã às 10h faço uma live em homenagem a Alfredo Sirkis, querido amigo que morreu no ano passado. E ainda tenho alguns compromissos no sábado. Mas tudo indica que será ainda um tranquilo fim de semana.

Bolsonaro promete um golpe para o ano que vem. Há tempo ainda.

Fonte: Blog do Gabeira


Fernando Gabeira

Jornalista e escritor. Escreve atualmente para O Globo e para o Estadão.

Jornalista e escritor. Escreve atualmente para O Globo e para o Estadão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *