23 de fevereiro de 2024
Adriano de Aquino Colunistas

Na pele!

A grande imprensa inglesa apresenta um prelúdio para o massacre… lá longe… na China.

Durante os últimos dois anos, manifestações populares em grande escala contra a imposição de uma política de saúde pública global, a luta pela liberdade de expressão, o direito à opinião, a justiça e a transparência eleitoral, juntando milhões de indivíduos em todo mundo, foram discriminadas, apagadas e até silenciadas por veículos da grande imprensa.

Autoridades públicas, políticos e celebridades cults, manufaturadas pelo ‘mainstream’, que apoiam a imposição do silêncio e a coerção jurídica à protestos populares enfim mostram sua cara .

Tudo indica que os espetáculos “Perdeu, Mané” & “Cale-se”, serão apresentados nos palcos de todo Brasil.

Essa é uma prévia (como previam democratas autênticos) dos ‘hits’ dos verões infernais nesse rincão do hemisfério sul, que agora inicia.

Adriano de Aquino

Artista visual. Participou da exposição Opinião 65 MAM/RJ. Propostas 66 São Paulo, sala especial "Em Busca da Essência" Bienal de São Paulo e diversas exposições individuais no Brasil e no exterior. Foi diretor dos Museus da FUNARJ, Secretário de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, diretor do Instituto Nacional de Artes Plásticas /FUNARTE e outras atividades de gestão pública em política cultural.

Artista visual. Participou da exposição Opinião 65 MAM/RJ. Propostas 66 São Paulo, sala especial "Em Busca da Essência" Bienal de São Paulo e diversas exposições individuais no Brasil e no exterior. Foi diretor dos Museus da FUNARJ, Secretário de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, diretor do Instituto Nacional de Artes Plásticas /FUNARTE e outras atividades de gestão pública em política cultural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *