23 de abril de 2024
Adriano de Aquino Colunistas

Fogo contra Fogo

STF cortou a agua da Lava Jato.

Liberou geral?

Claro que não!

Cidadão sem ‘dotes públicos’ continua sujeito ao arbítrio monocrático.

O STF só liberou para a galera do andar de cima que pode voltar a vida pública e as atividades criminosas do ‘colarinho branco’.

Em 2 de setembro de 2018, um incêndio devastador converteu em cinzas quase todo acervo do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, Rio de Janeiro.

Passado tanto tempo, a reitoria, responsável pela guarda do valioso patrimônio histórico, concluiu que o incêndio do Museu Nacional
foi causado por um curto circuito no ar condicionado.

Ontem, para provar a sua tese, o prédio da reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão, que guardava os relatórios e os processos sobre a tragédia histórica pegou fogo, pelo mesmo motivo.

Então, liberou geral!
Adriano de Aquino

Artista visual. Participou da exposição Opinião 65 MAM/RJ. Propostas 66 São Paulo, sala especial "Em Busca da Essência" Bienal de São Paulo e diversas exposições individuais no Brasil e no exterior. Foi diretor dos Museus da FUNARJ, Secretário de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, diretor do Instituto Nacional de Artes Plásticas /FUNARTE e outras atividades de gestão pública em política cultural.

Artista visual. Participou da exposição Opinião 65 MAM/RJ. Propostas 66 São Paulo, sala especial "Em Busca da Essência" Bienal de São Paulo e diversas exposições individuais no Brasil e no exterior. Foi diretor dos Museus da FUNARJ, Secretário de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, diretor do Instituto Nacional de Artes Plásticas /FUNARTE e outras atividades de gestão pública em política cultural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *