26 de fevereiro de 2024
Walter Navarro

Superação ou o Milagre da Paciência de Jó


Uma coisa que não entendo, em tempos de crise, é o trânsito lotado. Enchente de carros para cima e para baixo. Só tem um explicação: na falta do que fazer, as pessoas ficam rodando, procurando, não emprego, mas gasolina mais barata.
Acho que a imprensa brasileira, há muito, também não tem o que fazer. Deveria estar caçando leitores e anunciantes a laço, no grito. No entanto, em vez de trabalhar, fica procurando dente em testa de galinha banguela. Fica rastreando críticas ao pobre Bolsonaro. Haja saco.
A mais nova, pelo menos até eu terminar este texto, é: “Em meio à crise política, Bolsonaro vai ao cinema com primeira-dama”.
E daí? Queriam que ele fosse com quem? Com a Gleisi?
Preciso apelar aos beócios sobre as benesses do consagrado “Ócio Criativo”?
Duas horas longe de gente chata e nociva, dá pra desligar e recarregar pilhas, baterias. Mesmo que o filme seja “Superação, o Milagre da Fé”. Com este título, não me pega, mas Bolsonaro precisa mesmo de muito milagre e fé, para superarmos a herança maldita dos bárbaros infiéis, profanadores de tumba, blasfemos mercenários, pecadores sodomitas, vendilhões da Pátria, visigodos, ostrogodos, bobos, feios e fedorentos que grassavam o país.
É bem melhor ir ao cinema sem matar a família.
É bem mais saudável ir ao cinema com a mulher, que perder-se em tenebrosas transações como faziam FHC, Lula, Dilma e Temer; com Gilmar, Joesley e outras gentes da melhor qualidade.
ps: É bem pior saber que Lula, está em Curitiba, assistindo, em fita cassete; dublados, com legendas, a filmes como “Alcatraz – Fuga Impossível”, “Memórias do Cárcere” ou “Prenda-me (muito tempo) se for Capaz”.

Walter Navarro

Jornalista, escritor, escreveu no Jornal O Tempo e já publicou dois livros.

Jornalista, escritor, escreveu no Jornal O Tempo e já publicou dois livros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *