Rescaldos de Momo

Foto: Arquivo Google

Quarta-feira de Cinzas. Quando contamos os resquícios do carnaval com sua alegria, magia e violência, tudo o que a população abandonada e desassistida por governador, prefeito e secretário de Segurança fracos não merece são desculpas de quem deveria estar trabalhando e cumprindo seu dever. Se verdade e dignidade realmente ainda existem nestas pessoas, o mínimo que se espera, em nome da decência e da razão, é que entreguem seus cargos, pelo menos desonerando nossos bolsos de pagar a servidores tão inoperantes.
Esta é a sexta viagem internacional de nosso prefeito em um ano, para as quais ele sempre inventa um pretexto da busca de soluções para o nosso município. Ora, Alemanha, Áustria e Suécia não têm nenhuma similaridade com a nossa realidade, e muito menos os países anteriores visitados.Quem dera tivéssemos…
As declarações de Crivella ao justificar sua ausência durante o carnaval só pode ser recebidas como deboche e acinte. A sua administração deveria ser recolhida. As promessas de governar para as pessoas, melhorar a saúde, as escolas e o transporte foram somente para abocanhar os votos dos incautos. Conhecemos os homens pelas atitudes e não pelas palavras.
Assim, ao não gostar de carnaval, futebol, arrastão, bala perdida, corrupção, saneamento insano, saúde doente, transporte rodoviário deficiente, insegurança ímpar e educação medíocre, esse senhor deveria ficar no senado, onde não fazia nada, ou na sua igreja.
Prefeito Crivella e governador Pezão, podem voltar, sem medo, pois o carnaval já terminou.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *