Harmonizando Pratos Típicos – Natal e Ano Novo I


Para encerrar o ano, uma pequena série sobre harmonização e as tradicionais ceias de fim de ano.
Há várias tradições que são seguidas nas diferentes regiões brasileiras. Alguns pratos são eternos, havendo pequena diferenças na forma de preparo ou nos acompanhamentos.
Comemorado no nosso verão, estação que tem seu início no dia 21 de dezembro, o Natal incorpora algumas receitas europeias ou norte americanas, indicadas para climas mais frios. Há que prefira esquecer os vinhos nesta época, limitando-se a fazer um brinde com algum espumante.
Vamos corrigir isto e demonstrar que, com um pouco de criatividade, podemos desfrutar bons vinhos.
1 – Aves Natalinas
Peru, Chester e até mesmo Pato estão sempre presentes nas nossas mesas, nesta época. São carnes delicadas, que precisam de algum tempero intenso para se tornarem saborosas e alegrarem nossas papilas gustativas. O arroz e a farofa, em geral de castanha, podem ser considerados como neutros. Já o molho, uma redução da vinha d’alhos, leva vinho branco, o que já é uma boa indicação.
Tanino é o grande inimigo aqui, não há nenhum elemento neste prato que ajude a suavizá-los. Na escolha de um tinto, todo o cuidado é pouco.
A nossa sugestão recai sobre tintos leves, como um Beaujolais ou um Pinot Noir, jovem. Existe mais uma possibilidade entre os tintos e, se for o caso, é a hora de abrir aquele Bordeaux ou Chianti que está sendo guardado, diligentemente, por longos anos. Os tintos mais maduros suavizam os taninos, facilitando este tipo de harmonização. Estes vinhos serão menos frutados e com os chamados sabores e aromas terciários, o que pode não agradar paladares menos sofisticados.
A melhor opção são os brancos. Servidos a uma temperatura mais baixa que os tintos, são ao mesmo tempo refrescantes e perfeitos para acompanhar o prato principal. Mas não é qualquer vinho branco, precisamos daqueles sabores mais amanteigados, típicos dos famosos Chardonnay da Califórnia, ou o seu viés inspirador o Mersault, francês. Um bom Bordeaux branco também cumpre corretamente esta função.
Não são muito fáceis de encontrar por aqui. Procurem por vinhos que tenham estagiado em madeira e, se possível, tente descobrir se passaram por fermentação malolática.
Embora o pato seja menos comum em ceias comemorativas, pode aparecer na forma de peito ou sobrecoxa, assado, ou ainda como um saboroso Arroz de Pato. As indicações de vinhos valem para este caso, também.
2 – Opção Veggie
A turma da geração saúde opta por refeições mais saudáveis e talvez sem nenhum tipo de carne ou produto de origem animal. Mas apreciam um bom vinho.
Uma das opções mais conhecidas de ceia para este grupo é a lentilhada, onde a carne de porco é substituída por Tofu, fresco ou defumado. Pode ser temperada com Curry, o que é um complicador na hora de harmonizar, portanto, não exagere.
Espumantes brilham aqui, embora possamos harmonizar com tintos, rosés e brancos. Prefiram os vinhos bem secos e pouco frutados. Uma interessante opção, não incluída anteriormente, é a Pinot Grigio.
Semana que vem mais um capítulo.
Saúde e bons vinhos!

Vinhos da Semana:
Nossos parceiros estão com ótimas opções para harmonizar.


Mezzacorona Chardonnay Barrique 2016 – $

As uvas deste Chardonnay são colhidas à mão para garantir a máxima expressividade das notas de pêssego, nectarina, pera e especiarias.
Em boca é denso, intenso e refrescante.
No visual, apresenta coloração amarelo palha.
Um vinho branco elegante, equilibrado e harmonioso.
Compre aqui: www.vinhosite.com.br
 

Vinho Rosé Santa Augusta – $

Elaborado com as variedades Cabernet Sauvignon (70%) e Merlot (30%). Seu visual é rosa cereja claro. No olfato, um aroma fino e delicado com notas de frutas vermelhas. Percebe-se jabuticaba, araçá, amora e nuances de rosas vermelhas. Na boca é frutado, harmônico e leve.
Compre aqui:
Vina Brasilis – Rômulo – romulo@vinabrasilis.com.br – (21) 99515-1071 – https://www.facebook.com/pg/VinaBrasilis/shop/?rid=133172546824172&rt=6
Supermercado Farinha Pura (Rio) – http://www.farinhapura.com.br/
Supermercado Real (Niterói) – http://www.supermercadosreal.com.br/


CASA RIO VERDE: CESTAS DE NATAL TÊM COMO DESTAQUE OS VINHOS

Os vinhos são o destaque das Cestas de Natal comercializadas nas cinco lojas da Casa Rio Verde na capital mineira e na loja virtual da importadora, VinhoSite. A Casa Rio Verde é a mais tradicional do mercado mineiro em vendas de cestas de Natal.
Do total de 26 cestas, 16 são exclusivas de vinhos. Os preços variam entre R$159 e R$3.680. As opções para os amantes da bebida começam com as cestas “Regiões” com vinhos selecionados de sete regiões de três países: França (Bordeaux, Borgonha, Languedoc, Provence, Rhône, Sudouest e Costières de Nilmes– R$485), Itália (Trentino, Abruzzo, Lombardia, Marche, Sicilia, Toscana, Umbria – R$437) e Portugal (Alentejo, Beira Interior, Dão, Douro, Lisboa, Bairrada e Peninsula de Setúbal – R$371).
As demais cestas vêm com rótulos de países como Chile, França, Espanha, Itália, Portugal, todas com três vinhos. Outra novidade são as cestas com vinhos por estilo, também com três unidades, conforme classificação criada exclusivamente pela Casa Rio Verde/VinhoSite para facilitar a vida do consumidor. As opções incluem tintos macios, tintos leves e tintos complexos, uma opção interessante para quem está na dúvida sobre que tipo de vinho comprar. Destaque também para a cesta “Medalha de Ouro” (foto), com três vinhos premiados em concursos internacionais.
Para acondicionar os produtos, a Casa Rio Verde escolheu cestas de vime, produzidas artesanalmente pela tradicional família Saccaro, na Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul. A embalagem já é por si só um presente, pela qualidade, beleza e durabilidade.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *