24 de abril de 2024
Colunistas Ricardo Noblat

Se Michelle pode, por que Janja também não?

Viva as mulheres!

Se é legítimo, e nem mesmo os adversários do ex-presidente Jair Bolsonaro reclamam, que Michelle entre na política e possa se candidatar nas eleições de 2024 ou nas de 2026, porque Janja, mulher de Lula, não pode?

Michelle filiou-se ao PL que abriga seu marido só para ajudá-lo a se reeleger. Gostou da nova vida e hoje comanda a seção feminina do partido, com direito a salário e tudo mais. Janja sempre foi filiada ao PT. E não tem salário.

Se o casamento durar até as próximas eleições, e Bolsonaro se tornar inelegível, bem que ele poderá fazer de Michelle sua herdeira política. Seria legítimo. Se Lula abdicar da reeleição, por que não poderá escolher Janja para sucedê-lo?

Fonte: Blog do Noblat

Ricardo Noblat

Jornalista, atualmente colunista de O Globo e do Estadão.

Jornalista, atualmente colunista de O Globo e do Estadão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *