24 de abril de 2024
Colunistas Professor Taciano

VARmengo?

Mais uma vez o Clube de Regatas Flamengo é envolvido em lance polêmico da arbitragem a seu favor . Historicamente o rubro negro carioca sempre foi beneficiado nas interpretações dos árbitros, basta fazer um release das decisões entre o Flamengo e Vasco da Gama pelo campeonato carioca

Na noite desse domingo (13) após estar passando vexame diante de milhares de torcedores revoltados com a derrota parcial, eis que de repente o árbitro da partida enxerga um toque do zagueiro do São Paulo no pé do atacante do Flamengo e aponta a marca do pênalti. O toque aconteceu, agora se for seguir a linha do presidente de arbitragem o toque não teria força suficiente para marcar a penalidade.

Porém, no início da jogada havia uma suspeição de um impedimento de um dos jogadores do rubro negro no lance que foi revisado pelo VAR, deu para perceber que os três árbitros de vídeo se esforça para apontar que o lance havia sido legal. O que impressiona é o nível de precisão milimétrica que eles adotam, lances com diferenças imperceptíveis a olho nú, 2 ou 3 cm, só possíveis de ver através da geometria.

O erro duplo foi tão escandaloso que o presidente do São Paulo enviou um ofício à CBF protestando contra o VAR, Reveja, da partida de ontem (13) contra o Flamengo, pra mim enxugando gelo, pois sempre não dá em nada.

De uma coisa é certa, se na Europa e no resto do mundo o VAR veio para melhorar a arbitragem, aqui no Brasil eles terão que aprender muito ainda para se igualarem as maiores ligas do mundo.

Enquanto isso, times continuarão sendo prejudicados em detrimentos de outros grande como o Flamengo que estão se locupletando de análises subjetivas e que levam ao entendimentos subjetivos e que contrariam as leis físicas e matemáticas.

Fonte: Professor Taciano

Professor Taciano Medrado

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade do Estado da Bahia (1987)-UNEB e graduação em bacharelado em administração de empresa - FACAPE pela FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE PETROLINA (1985). Pós-Graduado em PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL. Licenciatura em Matemática pela UNIVASF - Universidade Federal do São Francisco . Atualmente é proprietário e redator - chefe do blog o ProfessorTM

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade do Estado da Bahia (1987)-UNEB e graduação em bacharelado em administração de empresa - FACAPE pela FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE PETROLINA (1985). Pós-Graduado em PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL. Licenciatura em Matemática pela UNIVASF - Universidade Federal do São Francisco . Atualmente é proprietário e redator - chefe do blog o ProfessorTM

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *