7 de julho de 2022
Yvonne Dimanche

Saudades da ditadura(?)

mobral-ne267Foto: Arquivo Google

Amigos, vendo essas ocupações em escolas, me lembrei de um fato ocorrido no dia 15 de novembro de 1973 quando fiz pré-vestibular. O vestibular propriamente dito estava se aproximando e todo tempo livre dos professores e alunos era para aulas extras.
Nesse dia, o professor de Química Inorgânica resolveu nos ajudar. Estávamos lá naquele salão imenso quando entraram uns três ou quatros policiais para prender o professor. Ninguém entendeu nada, estávamos simplesmente assistindo a uma aula.
Bom, naquele dia soubemos que, em alguns feriados, ERA TERMINANTEMENTE PROIBIDOS certos trabalhos. O professor e os alunos não sabiam de nada.
Esclarecido o assunto, a aula foi suspensa e fomos felizes para sempre. Felizes? O professor quase teve um troço, por pouco, muito pouco quase foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional. Esqueci o rosto de todos os meus professores daquela época, menos o dele.
Certa vez comentei sobre isso em um blog que eu tinha e ninguém nunca soube nada dessa proibição. Ninguém mesmo, fiquei com cara de mentirosa, mas eu vivi isso.
Ressuscitei essa história por causa da ocupação nas escolas, como também para lembrar do que nós já vivemos.
Tenho saudades da ditadura? Tenho sim, pois foi nessa época que vivi anos maravilhosos. Quem não é feliz na sua infância e juventude? Mas, como cidadã, odeio ter vivido nessa época.
Então, como disse não sei quem, a democracia é um regime cheio de defeitos, mas até agora ninguém inventou nada melhor.
Um lindo final de semana para todos e até o próximo Boletim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.