Motorola confirma: Moto E5 e E5 Plus não serão atualizados para o Android P


por: Bruno Salutes
Junto com a série Moto G6, a Motorola anunciou os modelos que serão os mais básicos da empresa para 2018, o Moto E5 e o Moto E5 Plus. Estes novos dispositivos ainda não têm data de estreia oficial e muito menos preço, mas já estão envolvidos em uma polêmica sobre as atualizações do Android.
Passaram despercebidos: Moto E5 e E5 Plus chegam em breve ao Brasil
Durante a apresentação dos novos modelos, a Motorola deixou claro que os dispositivos da série Moto G6 contam com uma atualização do sistema garantida, no caso, para o Android 9. Isso mantém os usuários que estão interessados nesses produtos, e que levam a sério a questão das atualizações, mais tranquilos. Acontece que esse posicionamento da empresa, que visa garantir o update para uma nova versão do sistema, nem sempre se estende para outras linhas mais básicas, como a Moto C, por exemplo.
Estes dois dispositivos, Moto C e Moto E, foram lançados no ano passado já obsoletos em termos de novas atualizações de versões do sistema. Apesar de rodarem com a versão mais recente disponível na época do lançamento, nenhuma variante Moto C recebeu o Android Oreo por questões de incompatibilidade com o hardware mais simples (1GB de RAM, por exemplo). As dúvidas sobre um movimento similar caíram agora sobre a série recém-lançada Moto E5 que, conforme levanta o jornalista Dominik Bosnjak, do Android Headlines, podem ficar sem update para a próxima versão do Android.
Hands-on do Moto G6
Hands-on do Moto G6 Play
Hands-on do Moto G6 Plus
Em contrapartida, segundo Dominik, a Motorola estaria aperfeiçoando seu canal de programa beta para acelerar atualizações, visto que a empresa tem mais modelos em circulação hoje em dia do que há dois anos quando costumava entregar os updates em tempo recorde. Mas o motivo em si para a suposta falta da atualização não está claro, pois hardware para isso ambos os modelos tem. Na dúvida, fomos até a fonte, no caso, a própria Motorola:
A Motorola informa que, desde a sua primeira geração, a família Moto E é lançada sempre com a versão mais recente do sistema Android. E reforça que continua comprometida em fornecer atualizações regulares de segurança, bem como melhorias na experiência do usuário através de atualizações de aplicativos via Play Store.
Conforme divulgado no ano passado, a linha Moto E não receberá upgrade do sistema operacional. A proposta da empresa é oferecer um linha de smartphones de qualidade, com boas especificações técnicas e uma experiência que melhore a vida dos consumidores deste segmento. Tudo isso por um preço justo.
Ainda que não tenha ficado claro no primeiro momento, ou seja, durante a demonstração dos Moto E5 no evento de lançamento, a Motorola nos confirmou que segue mantendo todas as variantes Moto E, lançadas e as que estão para chegar, com as versões do Android lançadas de fábrica. O lado positivo disso é que as atualizações de segurança são liberadas para esses modelos e também novas experiências em apps nativos da empresa que estão hospedados no Google Play, como a Moto Câmera.
E aí, o que achou da posição da Motorola?

Fonte: Androidpit

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *