Você sabe quando se preocupar com estalos no corpo?


Descubra quando eles são sinal de problema e se o hábito engrossa os dedos
POR LAURA TAVARES
1 – Estalar articulações e tendões nos primeiros movimentos do dia é completamente normal. De acordo com o reumatologista Geraldo, é normal o corpo estalar nos primeiros movimentos do dia. “Ao espreguiçar, esticar os braços ou mesmo descer uma escada, forçamos tendões e articulações que permaneceram muito tempo em repouso”, explica. Também é normal não conseguir repetir o mesmo estalo depois, pois essas estruturas já foram forçadas e entraram em movimento.
2 – Ao perceber um estalo incomum que se repete durante a prática de um exercício, o ideal é checar com um profissional se o movimento está correto. “Como a maior parte dos estalos não indica lesão, ainda mais quando não há dor, não há motivo para abandonar o exercício”, aponta o ortopedista Antonio Carlos da Costa, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Entretanto, se o estalo só acontece durante a prática de determinado exercício, é possível que o movimento realizado esteja incorreto. Nesses casos, é melhor consultar um educador físico.
3 – Estalar os dedos faz com que eles fiquem mais grossos? Não. O engrossamento dos dedos é sinal de um processo degenerativo e ainda não há estudos mostrando que estalos são prejudiciais”, afirma o reumatologista Geraldo. Segundo o especialista, a osteoartrose, chamada popularmente de problemas nas juntas, tem como causas principais a idade e a herança genética. Um dos poucos fatores mecânicos que poderia contribuir com a doença é a solicitação exagerada dessas juntas. “Isso acontece com pessoas que trabalham em uma linha de montagem, por exemplo, realizando movimentos repetitivos horas a fio.”
4 – Devo consultar um médico sobre estalos no corpo quando o estalo provocar dor. Como estalos não são entendidos como uma manifestação perigosa, a única razão para buscar um especialista seria sentir dor. “Algumas pessoas estalam mais do que outras, mas apenas a sensação de desconforto deve ser motivo para ir ao consultório”, aponta o ortopedista Antonio. Nesses casos, procure um reumatologista ou ortopedista.
5 – Estalos tendem a ser menos comuns entre pessoas que praticam exercícios regularmente. Segundo o reumatologista Geraldo, estalos costumam ser menos comuns entre pessoas que praticam exercícios regularmente. “Isso acontece porque a estrutura muscular fica equilibrada e fortificada, exigindo menos das articulações”, explica. Além disso, quem treina com frequência adquire melhor postura e realiza movimentos mais calculados. “Desse modo, o indivíduo está fisicamente melhor preparado e tende a ser menos ruidoso”, complementa.
6 – Estalos no corpo não estão relacionados a doenças. “Até o momento, não há provas de que estalos sejam prejudiciais”, diz o ortopedista Antonio. Segundo ele, estudos já tentaram mostrar a relação entre patologias, como a artrose, mas os resultados não foram significativos.
Fonte: Minha Vida

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *