A imprensa e a notícia


Exemplo de como a imprensa distorce as notícias. Sou apenas uma observadora, não torço contra nem a favor, mas os fatos são sagrados.
Eleições recentes na Holanda: a manchete no mundo inteiro foi a grande derrota do partido que eles consideram de extrema-direita. (Seu fundador diz que em pouco tempo os imigrantes muçulmanos e seus descendentes serão maioria nos países europeus. E ele está certo. O presidente da Turquia conclamou os muçulmanos que vivem na Europa a terem muitos filhos.)
Não houve GRANDE vencedor, mas houve um enorme perdedor, o Partido dos Trabalhadores, de esquerda. Mas o partido que a imprensa “progressista” diz que foi o grande derrotado é hoje o segundo maior partido holandês. Ou seja, cresceu.
O que a imprensa diz é verdade? Claro que não. O grande perdedor foi esse Partido dos Trabalhadores (de esquerda), que passou do segundo maior partido com 38 cadeiras para o último, com apenas 9. Escondem essa informação. Ninguém toca no assunto.
O “grande vencedor” para a imprensa mainstream foi o partido do Premier, que perdeu 8 assentos e só tem hoje 33 (tinha 41) das 150 cadeiras do parlamento. Grande vitória??? Faz-me rir. Para governar ele terá de formar uma coalizão com 3 ou 4 partidos. Se quiser se manter no poder nos próximos quatro anos.
É por essas e outras que a imprensa perdeu a credibilidade e está em crise. Se depender de mim vai continuar em crise até que volte a respeitar o leitor. telespectador ou ouvinte e deixe de considerá-lo um idiota a ser doutrinado.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *