29 de fevereiro de 2024
Colunistas Lucia Sweet

Na verdade Moro não resistiu à pressão

Fez a festa dos inimigos do Brasil.

Foto: Google – O Investidor – Estadão

Lamento profundamente. Ser Ministro é um cargo político. Foi o homem certo no cargo errado. Como ministro da Justiça Moro revelou-se um homem fraco. Jamais poderia ser ministro da Justiça, mas sim Ministro do STF.
Mas é o que temos. Não votei no Bolsonaro pelo Moro. Ele quer agir sob a lei num país sem lei.
Não conseguiu aprovar no Congresso os pilares do pacote anticrime.
Nunca entendi como o ministro da Justiça, com a Polícia Federal sob o seu comando, não conseguiu descobrir quem mandou matar o então candidato.
Moro revelou-se um homem FRACO e corporativista. Cuspiu no prato em que comeu. Contrariadinho, sai atirando. A mulher, uma bruxa. O Presidente, quando Moro sofreu ataques no episódio dos hackers, foi apoiado integralmente pelo Presidente.
Lamento profundamente, mas já foi TARDE. Não deixará saudades.
Espero que o Presidente nomeie um Ministro da Justiça forte. Mais do que nunca ele precisará. E coloque leais ao seu governo.
Moro é honesto, é probo, mas sempre foi de esquerda. Inclusive sempre foi a favor do desarmamento.
Como juiz foi um gigante. Como Ministro, um zero à esquerda.
Não concorda com o que escrevi, ótimo. É um direito seu. Pode me bloquear. Não busco hegemonia de pensamento, mas busco a HARMONIA. Já estou no final da minha vida. Cada dia que eu vivo, é um dia a menos.
Sergio Moro foi a maior decepção que eu poderia ter nesse governo.

Lucia Sweet

Jornalista, fotógrafa e tradutora.

Jornalista, fotógrafa e tradutora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *