29 de fevereiro de 2024
Colunistas Lucia Sweet

Banana em alta

Imagem: Arquivo Google – Ovelhas Voadoras

Arte em tempos “progressistas”, num exemplo marcante de cultura de esquerda. Moderna. Moderna??? A mediocridade superou o senso crítico hodierno. 50% das pessoas dizem que é loucura. A outra metade diz que é genial.

A obra de arte, uma instalação denominada “Comedian”, de David Datuna, vendida por US$ 120 MIL dólares, era uma banana presa na parede da Galeria Perrotin (em Miami Beach) por uma fita colante. Aí, o comediante Maurizio Cattelan, tirou a banana e, dizendo estar fazendo uma performance chamada “Hungry”, (com fome), comeu a banana.

Segundo a galeria, a instalação é sobre trabalho de Cattelan consistia sobre “sociedade, poder e autoridade”.

O pedaço de banana “oferece uma visão de como atribuímos valor e que tipo de objetos valorizamos”. A galeria encerrou a mostra da “instalação” depois da banana ser comida e substituída.

Já eu gostaria de saber quem pagou essa fortuna pela instalação e o que fazer com a banana em si: comê-la e substituí-la, ou deixá-la estragar e substituí-la? Ou não substituí-la?

Lucia Sweet

Jornalista, fotógrafa e tradutora.

Jornalista, fotógrafa e tradutora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *