23 de abril de 2024
Colunistas Junia Turra

Vavá… Vai vendooooo

Qual o esquema da “Vavá”?
Todo trocinho muda. Tudo na vida muda. “Na natureza nada se cria, tudo se transforma”, lei de Lavoisier.
A questão é a seguinte…
Para um trocinho com tx de “despacho dessa pra melhor” de 0,05 % até 70 anos e 0,23% sem limite de idade (esta última equivalente a taxa da atchiiiim!) não há necessidade da “Vavá”. E as estranhas Vavás estão mandando muita gente para o “além mar sem conexão com a terrinha”. Em Israel milhares de jovens, média de 17 anos “seguiram viagem”. Ninguém contou. Psssssst!

A Vavá deixa o trocinho nervoso. Ele vai tentar se fortalecer e mudar… Eis a questão… Mutatus Mutandis. E vai ser uma bola de neve que vai render muito praquela turma política e medicamentosa.

Mas e a prevenção? Ora, impedem no Brasil por quê? Políticos levando ao caos?

Dois fatos chamam a atenção:

1. Na UFMG, equipe de ponta na pesquisa desenvolve teste para identificar o Trocinho a baixo custo e sofre pressão e boicote da ala do “aparelhamento” porque são cientistas e não militantes políticos.

2. Na Alemanha médico/cientista da área desenvolveu uma Vavá que aumenta a imunidade, um complexo que serve para o Trocinho e outros troços. Aprovada pela comunidade científica, não há contraindicação. Mas o criador e quem aprovou estão sendo perseguidos. E no Brasil… Médicos assinando protocolo de que não vão fazer o tratamento preventivo e barato?

Que diabo é isso?
Assim Funciona numa redação de jornal, de TV, e no cinema. Trabalho em grupo. Sem egocentrismo.

Somos mosqueteiros: um por todos e todos por um).
Vejam os vídeos:
Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *