Alemanha Nas Urnas


O povo vai eleger o Parlamento (Bundestag) que escolherá o novo chanceler. SPD do alcoólatra Martin Schultz, que foi o presidente do Parlamento Europeu e tem uma lista infindável que o desabona, e CDU da “bigodinho” Angela Merkel, na dianteira da eleição alemã. Mas você que “sabe tudo”, só abra a boca depois que aprender a falar no mínimo: “Aufwiedersehen” e “Entschuldigung”.
Serão escolhidos 500 parlamentares e eles é que escolherão o próximo chanceler. Não é eleição direta , mas representativa de cada região da Alemanha.
Há duas votações: para o candidato da região e para o partido. Por exemplo, no Estado de Rio de Janeiro, o carioca Zé vota no Cristovão Colombo, porque no Cabral nunca mais, e vota no Partido que não é o do Cristovão Colombo, o PX.
E muita gente que não pode ir às urnas já votou pelo correio. Nada de urna eletrônica: é papel. Porque o povo. Não é trouxa de aceitar sistema que pode ser facilmente fraudado.
E quem ganha nem sempre leva!!! Coisas que brasileiro não compreende porque sequer sabe o próprio sistema!!! Se não tiver partido com mais de 50%, tem que partir para a coalizão, contrato firmado: tal partido terá tal ministro que fará isso!!!
Aprende: Merkel e Schultz não são de esquerda e ambos são de partido de centro. As propostas são as mesmas e tanto um quanto o outro não valem nada! Querem o fim das culturas individuais e a islamização do mundo, junto com Bobama e Hilaria Clitoris!!
O partido de esquerda alemão é o Die Linke. Programa definido. Tem uma intelectual brilhante na presidência do partido. Não quer? Não vota! Mas não são esquerdinha de Brasil e Estados Unidos, não!!! Sem bandidagem.
O Partido Verde – Die Grūnen – fecha com o Die Linke., mais à esquerda. Ah, tem o VVV – Vegan Vegetarian Veränderung, dos veganos. E também o partido de defesa dos Animais, mas você pode comê-los “Die Tierschutzpartei”, e mais o Die Partei, partido da revista satirica Titanic, que é a versão alemã da Charlie Hebdo, E quer extrema esquerda falida? Não conseguem nem o voto da mãe deles, mas tem dinheiro pra propaganda: MLDP – partido marxista-leninista.
Voltando aos partidos mais fortes e tradicionais, o FDP que é um partido liberal mais voltado para os interesses de empresas a Economia, e que já deu suporte ao CDU , copiou as propostas do recém-ressurgido das cinzas AFD, mais conservador. O candidato do FDP é irrepreensível. Elegante, competente e equilibrado. Mas o AFD é a grande surpresa. Não adianta a mídia manipulada por Merkel dizer que são nazistas e racistas.
Quem é isso é quem age com os moldes da Stasi – dona Merkel – que enfiou milhares de islâmicos na Alemanha , sem identificação e mais de 90% deles não são vítimas de guerra, não vieram da Síria, não são crianças ou velhos.
A Alemanha que há décadas é o pais que mais recebe asilados no mundo hoje ten estes asilados e filhos deles contrários à vinda do lixo que Merkel e Schultz querem impor e que pode destruir a Alemanha e a Europa. Não!
Não é preciso de mão de obra para limpar privada. Há muito isto foi abolido. Os novos escravos: faxineira e empregada doméstica são coisas de terceiro mundo.
Nos países de língua alemã, e em muitos outros, a profissionalização é obrigatória. Há administradoras do lar que o cidadão pode pedir ao departamento social se tiver um problema de saúde: a administradora do lar fará todo o serviço que será pago pelo governo com os impostos. Isso é uma sociedade igualitária: o grupo prevalece ao indivíduo.
Vai lá resolver seu terrorismo instalado em Brasília e com tentáculos na Rocinha e tantos outros lugares do gênero…

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *