22 de fevereiro de 2024
Junia Turra

A babaquice do Macron  é estratégica!


A sua é “BabaquiSSE”!
Quem não tem argumento e ataca a PESSOA não pode criticar a esquerda: é igual!  A ironia tem que ser usada no contexto de argumentação. Se não domina o assunto , não tente.
Argumentos e fatos relevantes: isso é o que importa.
A mulher do Macron é velha e feia? A mulher do Bolsonaro é bonita e nova mas não é intelectual como a mulher do Macron?
Bolsonaro gosta de mulher mais nova,  Macron gosta de mulher mais velha?
A mulher do Macron é voyeur e gosta de ver o marido ser “…” ?  A avó da mulher do Bolsonaro foi presa no século passado?
Por acaso quem está lendo não tem um parente que dá defeito? Vive relacionamento perfeito? Olha no espelho e diz: ” Espelho, espelho meu, “existe mulher mais linda”  ou “existe homem que funcione melhor “que eu” ??
Deixe de ser mínimo e desviar a atenção pra falar por falar. Enquanto isso estão nos comendo pela beirada Essa turma  da esquerdalha reunida e mamadores, ou seja, todos os partidos e os milhares de sindicatos e movimentos coligados aparelharam tudo.
Estão com quase 3 décadas de vantagem. Se a França enfrenta problemas sérios, o Brasil que Bolsonaro recebeu  pós FHC-Lula-Dima-Temer está no pódio dos piores países do mundo. Na verdade estamos à beira do precipício e fomos salvos pelo gongo.
Quanto ao Macron…. E quanto ao Bolsonaro….
Bolsonaro é um estrategista: não é adjetivo, posto que é definição em manchete de jornais na Rússia e até na Coreia do Sul.
Bolsonaro mandou as tropas para o Norte do país. Desconstruiu a falácia de que a Amazônia não é nossa. A parte da floresta no território brasileiro é NOSSA!
Macron é um babaca: não é adjetivo, posto que é uma equivalência.
Macron passou a usar o termo “mobilização” contra Bolsonaro e para todos que estão em desacordo com a questão do clima. Ele fala na terminologia de GUERRA  usada pelas ONGs e institutos ligados à questão ambiental e de biodiversidade por todo o planeta e que são financiados por Soros. Se não foram criados por ele, são bancados por ele.
Vamos focar no que interessa e parar de repercutir asneiras. Temos que bater nas teclas que importam para não tomarmos de 7 a 1 de novo, porque Petit Macron é apenas o boneco de ventríloquo da Merkel, a principal  líder de extrema esquerda da Europa e do Soros – o cara que manipula usando a  “esquerda” e suas pautas de gênero, fim da cultura greco-romana, ódio racial, biodiversidade (bate  no Diesel e incentiva veículos elétricos e você de novo sendo tolinho), e usa artifícios de coitadismo para enfiar islâmicos árabes e africanos em todo o planeta.
O Brasil também está cheio deles. Você ainda não se deu conta? Lei de censura, mídia cooptada, páginas derrubadas, controle ….
Está em curso algo muito sério.
E todos à Direita que atravancam o caminho do Soros e seus asseclas tem sido derrubados.
Não perca tempo lendo e não repasse texto que adjetiva, ofende, desvia do principal, no caso a ” soberania e a estratégia do Brasil”.
Um exemplo?
O texto abaixo que vi algumas pessoas compartilhando e  que já começa com  erro crasso de Português. Observe:
“Macron, parabéns!!  Com sua babaquisse conseguiu que milhões de pessoas ficassem sabendo…”
É  “babaquice”, se escreve com “CE”. Mais um motivo para nunca mais votar na esquerda.
Aprenda  a pensar antes de falar ou usar o dedinho nervoso pra escrever.
Mas é por essas bobagens  que a coisa vira…
Veja o resultado.
A mídia esquerdopata  entra com as manchetes:
“Macron reclama que Bolsonaro curtiu uma postagem ofensiva à Brigitte, a mulher dele. E espera que o povo brasileiro saiba escolher melhor da próxima vez”. (Veja o anexo da manchete alemã num dos grandes  jornais, o  Die Welt)
Mas nos últimos dias o Die Welt defendeu o Brasil  e Bolsonaro:
–  manteve posição clara através de gráficos e mapas mostrando a manipulaçao dos dados sobre “a destruição da Amazônia”. Ao governo Bolsonaro nada pode ser atribuído de negativo. E que, em todo o planeta mesmo sendo época de queimadas, o índice no geral  é muito inferior aos dos últimos anos,
(Mas Macron- esquerdalha-turma do Soros ignoram isso. E ignoram também que na África nesse momento ocorrem grandes queimadas).
O jornal alemão aponta que foi Lula quem criou e  incentivou o agronegócio na região Norte do Brasil , que tem a soja como produto de exportação para a própria Alemanha e  Merkel sabe muito bem disso.
Ao longo dos vários artigos o Die Welt  diz apenas  que Bolsonaro deve manter sim a preocupação em não permitir o desmatamento. Crítica e análise corretíssima.
Mas…
Hoje, Macron emplacou a sua “vitimização”… Ganhou as manchetes da mídia internacional.
Esquerdalha que é, ele usa da estratégia que conhece bem e que nós não devemos utilizar. Se vencemos uma batalha, não podemos dar margem para perder a guerra.
De novo Macron desrespeitou a nossa SOBERANIA e diz que “espera que o brasileiro saiba escolher melhor da próxima vez”.
Moral da História:
A questão é a nossa SOBERANIA. Não sei Macron “dá ré no quibe” pra mulher velhota dele ver! Taokay?
O Verdevaldo versão francesa declarou guerra.
En guard, petite quéquette Macron!
Se não sabe francês… Traduz 😉

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *