Nova BMW Série 5 Touring: europeus preferem as peruas

Enquanto aqui no Brasil elas estão quase extintas, substituídas por desengonçados SUVs, na Europa as caminhonetes – ou peruas – vão muito bem, obrigado. E é da Alemanha, onde dominam o mercado, que vem essa beleza que enfeita o nosso post de hoje, a novíssima BMW Série 5 Touring. Apresentada na primeira quinzena deste mês no Salão do Automóvel de Genebra, ela esbanja espaço, performance e tecnologia.

Versão familiar do sedã Série 5, a Touring oferece como diferencial, claro, o espaço para bagagens. No porta-malas, cabem 570 litros que, com os bancos de trás dobrados, se transformam em até 1.700 (30 litros a mais que o modelo anterior) e/ou um total de 730 kg totais de carga. Para facilitar o acesso às tralhas, o vidro de trás do carro se abre separadamente, como naquelas velhas station wagons americanas.

Quatro opções de motores
O porte “família” do carro, porém, não significa que papai e mamãe não tenham prazer em dirigi-la. A BMW é pródiga em caprichar nesse quesito e, pelo release de lançamento, garante que atrás do volante as sensações são as melhores que se pode encontrar. Todo o carro, da posição de dirigir aos sons, texturas e respostas aos comandos são cuidadosamente projetados para despertar sensações agradáveis, que, dependendo da maneira de guiar, podem ser estimulantes ou de extremo conforto. Sob o capô, são três opções de motorização, começando pelo mais racional quatro cilindros 2.0 turbo a gasolina que equipa a versão 530i. Ele proporciona 255cv de potência e 35kgfm de torque, levando o carro de zero a 100 km/h em 6,5 segundos. A segunda e mais apimentada versão é a 540i, com um equilibradíssimo seis cilindros em linha biturbo 3.0, que rende 345cv e 45kgfm, acelerando a caminhonete da inércia aos 100 km/h em 5.1 segundos e, segundo a fábrica, consumindo na estrada um litro para percorrer até 13 km.
Além desses, há outros dois motores a diesel disponíveis, um quatro cilindros de 2.0 litros (195cv de potência e 40kgfm de torque, 0-100 km/h em 8 segundos e até 23 km/litro na estrada!) e outro de seis cilindros (270cv, 62 kgfm, 0-100 km/ em 5.6 segundos e até 19 km por litro na estrada)

Customizações e pacote M
Além dos motores, o comprador da nova Série 5 Touring pode escolher entre uma grande quantidade de materiais e cores para o acabamento interno, personalizações e, se for do tipo “esportivo de carteira gorda”, embarcar um pacote M (de Motorsports, divisão de competição e de performance da marca) na perua. Nesse pacote estão modificações na suspensão e câmbio, rodas de 19 polegadas, spoilers, saias e outros apêndices aerodinâmicos, forração diferenciada e frisos metálicos.

Dirigir em engarrafamento, só se quiser
Seguindo a tendência no segmento de alto luxo, a nova BMW vem equipada com um sofisticadíssimo sistema de assistência ao motorista, que vai de avisos e leves interferências nos freios e direção do carro quando há iminência de acidentes até a condução autônoma total em circunstâncias específicas – como engarrafamentos de anda-e-para entediantes, trânsito lento ou mesmo trajetos mais longos em rodovias perfeitas como as da Alemanha.
Um recurso que, além de interessante, aumenta a segurança nesse tipo de situação em que o tédio pode se transformar distração, uma inimiga mortal. Mas o melhor do carro, claro, está em assumir o que ele oferece de melhor: grande conforto, posição de dirigir baixa, total controle, um motor musculoso e aquela sensação de que dá para controlar as rotações da terra com o pé direito.
Mas, claro, há quem prefira um SUV.

FONTE: BLOG REBIMBOCA

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *