Diário da crise XLVIII

Situação difícil no Rio. Vão decretar o lockdown, sem que a quarentena de fato tenha sido muito respeitada.Cerca de mil pessoas esperam leitos nos hospitais. Noventa por cento das UTIs estão ocupadas. A situação aperta exatamente nos lugares onde há habitações precárias, falta de saneamento básico e deficiência no serviço hospitalar. O epicentro agora é na Zona Oeste.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  • Joma , 15 de maio de 2020 @ 19:58

    “lockdown”? Será que é digno maltratar a língua portuguesa sempre que um jornalista quer? Há que prestar vassalagem aos americanos e adotar seu vocabulário?
    CONFINAMENTO
    ISOLAMENTO SOCIAL RADICAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *