Redes Sociais, sim ou não?


Amigos, hoje li uma matéria no jornal O Globo sobre pessoas abandonando as redes sociais. Os motivos são: fake news, mentiras e desavenças, dentre outros.
Bom, de minha parte ficarei no Facebook. O Instagran eu só tenho para ver fotos dos meus parentes, não sigo e nem quero seguir ninguém. O Whatsapp é um pesadelo na minha vida, gosto até a página 30 do livro Guerra e Paz. O problema é receber 30 publicações por dia de uma única pessoa ou grupo. Não tenho paciência.
Por pouco, muito pouco, eu quase desisti do Face, por causa de fanatismos por políticos. Eu pensei que isso fosse melhorar, mas continua tudo igual. A minha vida é super sem graça em uma cidade no interior do ES. Durmo com as galinhas, acordo com o galo, mas ainda assim eu tenho VIDA. Fazemos passeios, vivemos as nossas vidinhas e somos felizes.
O que eu não entendo é alguém viver em uma cidade cosmopolita e só falar de Lula ou Mito. Tá, lá vou eu bater na mesma tecla. Sou repetitiva, mas a partir do ano que vem, mais precisamente em fevereiro, acabarei com a amizade de algumas pessoas. Terei tolerância até a posse do Mito. O mesmo se daria, caso fosse o Haddad.
Então, como não quero abrir mão de uma alegria na minha vida que é o Facebook que me conforta em momentos de solidão, eu prefiro acabar a amizade de algumas pessoas. Já tive a minha fase fanática e não fui feliz por causa disso.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *