O “Doriana” Botox

Foto: Google – Governo de SP

O doriana botóx além de deixar mais de mil presos ”fugirem” dos presídios caminhando pela porta da frente, sem serem incomodados, agora resolveu permitir as visitas aos presos que o Ministro Sergio Moro recomendou que fossem suspensas para evitar a propagação do vírus chinês.

Essa irresponsabilidade parece ser planejada. Que morram pessoas, paciência: é o preço a pagar para provocarem o caos e adiarem as eleições municipais. Sabem que o PSDB não elege mais ninguém. Mesmo contando com o apoio descabelado da Janaína Paschoal.

Dória-botóx gastou R$ 106 MILHÕES em propaganda em 2019, e contratou este ano a Vera não sei o quê, chamada de playmobil nas redes sociais, por cerca de R$ 700 mil por ano para comandar o Roda Viva na TV Cultura do Estado de São Paulo, programa que costuma dar traço de audiência e que tem como objetivo principal atacar sem cessar o Presidente Bolsonaro e seu governo. Governo federal este que vai repassar a esse mesmo governador perdulário R$ 92 milhões para combater a pandemia.

Enquanto o governo federal se preocupa em abrir leitos e comprar equipamentos respiratórios como medidas de combate ao coronavírus, o aliado do governador, Covas, prefeito de SP, também do PSDB, resolveu lançar o projeto “Janelas de São Paulo” para “fomentar a produção cultural em meio à pandemia do coronavírus. O secretário de cultura do município, Youssef, publicou no seu perfil do Instagram que a prefeitura destinou 103 MILHÕES para o ”projeto” .

Segundo o site Senso Incomum, “a Secretaria de Cultura do município elaborou o projeto baseado nas cantorias que os italianos têm feito [espontaneamente e grátis] em suas sacadas e janelas. Serão mais de 8 mil artistas de diferentes áreas que poderão se candidatar a partir da semana que vem.

“Vai ser inspirador para a cidade em um momento tão grave. Vai ajudar a enfrentarmos o Covid-19 também com beleza e poesia. E, ao mesmo tempo, servirá de amparo para a classe artística tão afetada neste momento, junto com outras ações do programa Cultura Presente”, disse Youssef.

Bando de salafrários. É isso que querem de volta no governo federal. Grana para a nomenklatura, empresários e extrema imprensa. Mais nada além de grana.

Link para a matéria,

Covas destina R$ 103 milhões para espetáculos em janelas de prédios

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *