30 de maio de 2024
Vera Vaia

Lista de Páscoa!


🎶Coelhinho da Páscoa que trazes pra mim? Um nome, dois nomes e uma lista bem grande assim 🎶
Nessa Semana Santa, o Ministro do Supremo Edson Fachin, entornou o caldo do bacalhau e triturou os ovinhos de Páscoa de 108 políticos, das mais variadas espécies.
É tanto nome que chega a atordoar. Lá tem nomes que já se esperava que estivessem lá pela longa carreira de má conduta que eles vêm praticando ao longo dos anos. São as já manjadas raposas velhas de guerra.
Tem nomes dos queridinhos da Dilma que não se cansam de apregoar a honra e a ética, mas pelo que parece, sem saber exatamente o que significam essas palavras.
E tem também nomes que causaram surpresa!
Quem esperaria, por exemplo, que Geraldo Alckmin  tivesse usado seu cunhado de “mula” pra carregar a grana da empreiteira? Tomara que o Chuchu consiga provar sua inocência, senão a teoria do Lombroso vai pro espaço. Ele não tem, definitivamente, cara de bandido!
Serra também deve ser investigado, porque teria passado o rodo no anel viário, e FHC porque teria pedido uma ajudazinha ao Emílio Odebrecht, e a grande maioria por caixa dois, três, quatro…
A lista parecia resultado do exame do ENEM. Todos correram pra ver se seus nomes estavam lá. E no dia seguinte, todos correram pros seus advogados pra combinar o que diriam para a imprensa. Depois de muito estudo sobre a legislação e de muita preocupação com a verdade e a criatividade, todos concordaram que deveriam dizer que as doações foram legais e devidamente declaradas.
Pena essa lista ter sido divulgada quase que concomitantemente com as delações do Marcelo Odebrecht. Tiraram um pouco o brilho do Lula e da Dilma, que finalmente, foram mencionados pelo delator. Os dois que nunca sabiam de nada, sabiam sim senhor, como já sabíamos.
Quase passou desapercebido o depoimento do Capo Odebrecht que confirmou que reformou o sítio de Atibaia, a pedido de dona Marisa. “Mas não conta pro Lula, quero fazer uma surpresa”, disse ela. E Lula que não sabia de nada, deve ter ficado muito surpreso ao ver o sítio emprestado por amigos, ter sido reformado por sua dedicada esposa, que se preocupou até em colocar no lago, pedalinhos com os nomes dos seus netos. Deve ter sido um momento de profunda emoção.
Em meio a tantas denúncias explícitas, uma dúvida paira no ar. Porque os Odebrecht  começaram a atirar pra tudo quanto é lado? Mencionaram nomes de políticos, até então, insuspeitíssimos. Dá a impressão que disseram algumas  inverdades só pra “melar” a parte verdadeira e dar uma brecha pros advogados defenderem os reais bandidos, baseados nas mentiras contadas sobre alguns.
Quando se trata de quadrilhas, a gente sempre fica com a pulga atrás da orelha. E o que temos visto ultimamente, chega a nos fazer lembrar com saudades de malandros como o Adhemar de Barros, o “rouba, mas faz”. Um ladrãozinho pé de chinelo, perto desses aí.
E o povo cada vez mais sem opção de voto!
Pelo jeito que anda essa política, nas próximas eleições vão se eleger os que tiverem sobrenome Costa, e que usarem como mote de campanha, o bordão “bosta por bosta, vote no Costa”!

Vera Vaia

Mãe de filha única, de quatro gatos e avó de uma lindeza. Professora de formação e jornalista de coração. Casada com jornalista, trabalhou em vários jornais de Jundiaí, cidade onde mora.

author
Mãe de filha única, de quatro gatos e avó de uma lindeza. Professora de formação e jornalista de coração. Casada com jornalista, trabalhou em vários jornais de Jundiaí, cidade onde mora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *