24 de abril de 2024
Colunistas Vera Vaia

Raciocinol!

Desde o último domingo está repercutindo, e muito mal, a mais nova fake news lançada pelo pseudojornalista (jornalista sério não se sujeita a esse tipo de coisa) Alexandre Garcia.

No programa Oeste Sem Filtro (deveria ser Oeste Sem Noção), Garcia sugeriu que a tragédia no Rio Grande do Sul teria sido provocada pelo PT.

Oi? Foi isso mesmo que ouvi? Foi! Tá tudo lá na gravação que agora transcrevo aqui: “Recebo notícias hoje de manhã, de que é preciso investigar que não foi só a chuva. A chuva foi a causa original mas em governos petistas foram construídas, ao contrário do que recomendam as medições ambientais, três represas pequenas que, aparentemente abriram as comportas ao mesmo tempo. Isso causou uma enxurrada parecida com aquela que acontece na Chapada dos Veadeiros, que mata as pessoas. Então é preciso investigar isso também. Há uma causa além das chuvas”.

Imediatamente todos os sites de notícias desmentiram o puxa-saco do Bozo, explicando inclusive que as três barragens mencionadas por ele que foram construídas no governo Dilma, sequer têm comportas. E comentários pouco elogiosos não paravam de pipocar nas telas. “Gagá” foi o mais ouvido, mas é contestado por quem conhece o histórico de Alexandre Garcia, o lambedor de coturnos da extrema direita desde a época em que foi porta-voz do general João Batista Figueiredo durante a ditadura militar. Portanto não ficou gagá. Sempre foi.

Porém, o que mais impressiona é que a falsa notícia continua correndo por aí como se fosse verdadeira. Bolsonaristas em geral passaram a acreditar piamente que a enchente é obra do demônio petista. (Bom, acreditaram até que a China “inventou” a Covid para acabar com o mundo. Nem se perguntaram pra quem os chineses iriam vender suas brusinhas de R$ 9,99, suas bijus de R$ 1,99 e uma infinidade de balangandãs baratinhos).

Mas gente! Me façam entender. Por que cazzo Lula iria querer uma tragédia em seu governo? Vai desembolsar R$ 741 milhões que não estavam no orçamento para socorrer os municípios atingidos só porque achou divertido abrir comportas, destruir cidades e matar um monte de gente?

A partir desse pensamento, podemos imaginar também que a Jacqueline Boa Tarde, Boa Tarde, Tralli, Boa Tarde a Todos que nos Assistem Brasil, faz parte dessa conspiração petista de provocar tragédias. Pois não foi ela que apareceu anunciando incansavelmente que um ciclone extratropical, sob influência do El Niño, provocaria chuvas torrenciais, vendavais, estragos generalizados?

Ou será que isso é uma conspiração mundial da esquerda? Estamos vendo enchentes na Grécia, na Espanha, em Portugal, na China, na Libia…. quem estaria abrindo essas comportas, Alexandre?

Até concordo com a direita quando diz que Lula falhou não indo ver a tragédia de perto. Tá certo que tinha viagem marcada, mas podia antes ter dado um pulinho lá e se justificado: ó gente, me solidarizo com todos mas não vou poder ficar porque tenho de ir pra Índia falar umas bobagens. (E num é que falô memo? Passou com uma máquina niveladora sobre o acordo com Tribunal Penal Internacional, que permite que países signatários prendam criminosos de guerra em seus solos e disse que se Putin quiser vir para a Brasil na próxima reunião do G20, não será preso. (O que esse Putin tem que consegue ter, ao mesmo tempo, o amor do Bozo e do Nine?).

Mas daí dizer que ele é responsável pela enchente já é uma viagem lisérgica.

E essa ausência do presidente lá no Sul, claro, continua provocando a sanha da bolsonarada em meter o pau: “O Lula não tá nem aí pra tragédia. Preferiu ir viajar com aquela deslumbrada”. “Ela que nem sabe se vestir”. E por aí vai.

Curiosamente, esses comentários partem dos mesmos que defenderam que o Bozo não deveria deixar seu jet ski nas águas catarinenses para se solidarizar com o povo da Bahia que estava debaixo d’água, em dezembro de 2021.

Eu não sou petista, menos ainda lulista, mas esse tipo de coisa me incomoda. Ver as coisas de um lado só me soa como um distúrbio que poderia ser tratado com remédio. Que remédio seria este? Vamos ver sua bula.

RACIOCINOL

Apresentação: comprimidos mastigáveis, de fácil ingestão.

Composição: Neurônios Ativos

Indicações: indicado para combater a SIG (Síndrome da Imbecilidade Generalizada) que afeta radicais de esquerda e de direta, fazendo com que percam a capacidade cognitiva e o discernimento. A síndrome pode ser de origem genética ou adquirida através do uso excessivo de WhatsApp, uma droga de fácil acesso pela população que pode causar graves danos cerebrais.

Contraindicações: Nenhuma. Adultos e crianças podem usar indiscriminadamente, sem danos à saúde. Não causa dor, enjoo, mal-estar físico ou mental (no começo do tratamento até pode dar um certo desconforto por ser um estimulador do cérebro que, até então, estava sem função).

Efeitos colaterais: não há relatos de efeitos colaterais, porém, nos primeiros dias de tratamento o paciente poderá estranhar o fato de começar a enxergar os acontecimentos com clareza e a questionar o porquê das coisas.

Alerta: Deixe o medicamento ao alcance das crianças, em lugar de fácil acesso.

Esse remédio, quando prescrito ainda na infância, poderá trazer um grande benefício à humanidade.

Vera Vaia

Mãe de filha única, de quatro gatos e avó de uma lindeza. Professora de formação e jornalista de coração. Casada com jornalista, trabalhou em vários jornais de Jundiaí, cidade onde mora.

author
Mãe de filha única, de quatro gatos e avó de uma lindeza. Professora de formação e jornalista de coração. Casada com jornalista, trabalhou em vários jornais de Jundiaí, cidade onde mora.

1 Comentário

  • Ana Rita Leite Feitosa 15 de setembro de 2023

    Exelente! Obrigada pela detalhada explanação do fato.
    Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *