5 de março de 2024
Saúde

Colesterol

Muitas pessoas acham que o colesterol traz apenas malefícios mas ele é primordial para o funcionamento do corpo humano. Para isso, no entanto, seus níveis devem estar sempre controlados.

Colesterol é necessário ao organismo.

O excesso de colesterol causa infarto e AVC. O excesso de LDL é que está associado às doenças cardíacas.

O excesso de colesterol ocorre por fatores genéticos e alimentares. Cerca de 70% do colesterol no sangue vem do fígado e apenas 30% vêm da alimentação.Os níveis de colesterol no sangue dependem, portanto, principalmente da capacidade do fígado em removê-lo. Isso varia de pessoa para pessoa.

Pessoas magras também têm colesterol alto. Isso porque os níveis de colesterol no sangue dependem muito mais da taxa de remoção do colesterol pelo fígado, que é genética. Se você tem um parente de primeiro grau com colesterol alto, sua chance de ter colesterol alto é maior.

O colesterol ruim forma placa de ateroma. O excesso de LDL (colesterol ruim) causa doenças vasculares porque se deposita, sem dar sintomas, na parede interna das artérias e gradualmente vai formando uma placa chamada ateroma. Estas placas de ateroma vão obstruindo gradualmente as artérias e podem acabar causando infarto agudo do miocárdio e AVC.

Quanto mais avançada a idade, maior o risco.

Além dos níveis de LDL, é preciso controlar a glicose, a pressão, parar de fumar (se for o caso) e reduzir o peso, quando excessivo.

É importante manter o estilo de vida saudável.

O estilo de vida é fundamental na redução do risco de infarto e AVC.

É importante fazer atividade física regular, evitar gorduras saturadas e gorduras trans (presentes em alimentos industrializados) e parar de fumar são medidas a serem seguidas.

Os alimentos que mais aumentam o colesterol são o bacon, a pele da carne das aves, a manteiga, o creme de leite, a nata, as frituras, as salsichas, embutidos no gel e a carnes.

Todos acima de 10 anos devem dosar o colesterol – Todos os adultos e crianças acima de 10 anos devem dosar o colesterol e suas frações pelo menos uma vez.
O tratamento é preventivo e permanente.

O objetivo é reduzir o risco cardiovascular.

O Boletim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Afasia

Saúde

Rinite