23 de maio de 2022
Rodrigo Constantino

Mãe envia carta de agradecimento a policial que prendeu sua filha "mimada" bebendo na praia


A mãe de uma adolescente “mimada” enviou uma carta de agradecimento ao xerife local por ter prendido sua filha durante o “Spring Break”. O episódio ocorreu agora em março, na Flórida. Um oficial da polícia viu uma jovem com uma lata de cerveja na mão na praia e pediu para ver sua identidade. Ao mostrar uma falsa, ela foi presa na hora.
O xerife do Walton County disse que eles adotam “tolerância zero” quando o assunto é bebida de menor de idade: “Nós queremos enviar uma mensagem clara. Não desejamos arruinar a vida desses jovens, mas sim protegê-los de se machucarem. Tratamos eles de forma justa, como a todos os outros”.
Ao saber da prisão da filha, a mãe, que mora a milhas de distância, enviou uma carta de agradecimento ao xerife. Ela foi postada no Facebook pelas autoridades:
Nestes dias, policiais têm sido muito atacados. Então, eu queria dizer ‘obrigado’. Ontem, a minha filha foi uma dos milhares de jovens “mimados” na praia “curtindo” o “spring break”. Ela foi presa por beber e ser menor de idade. Ela estava segurando uma lata de cerveja na praia. Um ato estúpido que eu a avisei para não fazer antes de ela sair, mas eu sou apenas sua mãe, então “entra por um ouvido e sai pelo outro”.
A prisão a assustou PRA DIABO e estou contando que ela tenha aprendido a lição. A razão para eu enviar isto é que todo policial com quem falei ou que poderia ouvir falando com ela era tão bom! Firme, mas agradável. Eu tenho certeza que cada um estava revirando os olhos quando a minha filha disse “Você pode falar com a minha mãe?”, mas cada funcionário foi respeitoso e garantiu-me que ela iria voltar para casa em segurança.
Para uma mãe a centenas de quilômetros de distância, isso foi muito reconfortante. Eu sei que todos vocês têm que lidar com isso diariamente, o que deve ser completamente irritante e lamento muito que minha filha tenha adicionado à sua carga de trabalho ontem. Eles dizem que você sempre tem uma criança que faz você ficar de cabelo branco cedo e ela é a minha! Obrigado por me salvar alguns cabelos brancos na noite passada.
A carta ficou “viral”. Vários comentários se seguiram à publicação, a maioria com elogios tanto à mãe como aos policiais. “Obrigado a esta mãe e aos policiais que fizeram com que a jovem assumisse a responsabilidade por seus atos”, dizia um dos comentários.
Para nossos padrões brasileiros, isso tudo pode ser exagerado demais. Será que o policial não poderia ter sido mais “compreensivo”, e dado um “jeitinho” de liberar a garota apenas com uma advertência verbal? Afinal, são só jovens querendo se divertir, e qual o problema de uma cervejinha na praia com os amigos?
Pois é. Talvez – apenas talvez – o fato de os americanos, mesmo na latinizada Flórida, não brincarem em serviço, não cederem aos anseios da juventude e não rasgarem com tanta facilidade as leis tenha alguma ligação com o relativo sucesso da nação, com o respeito às leis. Essa jovem certamente vai pensar duas vezes antes de sua próxima transgressão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.