21 de maio de 2022
Turismo

Zagreb, a simpática capital da Croácia

Zagreb é muitas vezes menosprezada pelos turistas que, ao chegar à Croácia, vão direto para sua costa espetacular, com destaque para Dubrovnik e a ilha de Hvar.

Mas a capital Zagreb é super simpática e merece ser visitada. Sem contar que é bem próxima de Ljubljana, capital da Eslovênia, que pode ser alcançada em 2h de carro da capital croata. A cidade tem 800 mil habitantes e uma peculiaridade: tem a Cidade Alta e a Cidade Baixa. A Cidade Alta abriga os mais importantes monumentos da cidade. Vamos a eles:

1 – Igreja de São Marcos

É, sem dúvida, o mais famoso cartão postal da cidade. Construída no século XIII, está localizada na praça principal da Cidade Alta, ladeada pelo Palácio do Governo e pelo Parlamento da Croácia. Seu famoso telhado de telhas de cerâmica coloridas foi feiro no século XIX, durante restauração da igreja. Há dois brasões no telhado: o da direita representa a cidade de Zagreb e o da esquerda o Reino da Croácia, Eslovênia e Dalmácia.

A Igreja de São Marcos com seu telhado colorido. (Foto: Mônica Sayão)
Detalhe do telhado de São Marcos, com o brasão de Zagreb. (Foto: Mônica Sayão)

2 – Porta de Pedra

Único portão remanescente de acesso entre os bairros de Gradec e Kaptol na Cidade Alta. Havia vários portões mas só esse sobreviveu a um incêndio em 1731, que destruiu todas as casas da região. Não só a Porta da Pedra não foi destruída, como também uma pintura de Maria com Menino no Colo no seu interior. É preciso esclarecer aqui que o portão tem um corredor interno. Hoje existe uma pequena capela onde está a pintura. É muito procurada por fiéis e turistas.

A capela no corredor da Porta de Pedra. (Foto: sworld.co.uk)

3 – Catedral de Zagreb

A Catedral da Assunção da Virgem Maria está localizada na praça Kaptol. A catedral atual é do final do século XIX, em estilo neogótico, erguida depois que um forte terremoto atingiu a cidade e destruiu a igreja gótica original. Suas torres podem ser avistadas de quase toda a cidade.

A Catedral de Zagreb se destaca na paisagem. (Foto: Mônica Sayão)
Interior da catedral. (Foto: Mônica Sayão)

A Praça Kaptol, em frente à catedral, se destaca pela elegante coluna com a imagem da Virgem Maria no topo.

Praça Kaptol, em frente à catedral. (Foto: Mônica Sayão)

4 – Rua de pedestres Tkalčićeva

Esse é o point de Zagreb. Rua de pedestres cheia de cafés, restaurantes e bares, com mesas ao ar livre. É lugar para ir tanto durante o dia como à noite, quando fica bem animada!

A rua de pedestres Tkalčićeva é um charme. Bom para ir de dia ou à noite. (Foto: Mônica Sayão)

Na Cidade Baixa encontra-se a praça principal da cidade assim como bonitos jardins. Principais destaques:

1 – Praça Josipa Jelačić

É o coração de Zagreb, onde estão vários restaurantes, cafés e grandes lojas de departamento. Há muitos prédios bonitos nessa praça, do tempo que a Croácia pertencia ao Império Austro-Húngaro.

Praça Josipa Jelačić, a mais importante de Zagreb. (Foto: tripadvisor.es)

2 – Mercado Dolac

Próximo à Praça Josipa Jelačić encontra-se o Mercado Dolac, um amplo mercado coberto e a céu aberto que vende frutas, legumes, carnes e flores. Abre diariamente e é bem bacana conhecê-lo, principalmente para ver as muitas e lindas flores. É também um bom lugar para experimentar a culinária croata.

Mercado Dolac é um bom lugar para provar a culinária croata. (Foto: Mônica Sayão)
Mercado Dolac: o que mais me encanta são as flores à venda. (Foto: Mônica Sayão)

3 – Parque Zrinjevac, Parque Josipa Jurja Strossmayera e Parque Kralja Tomislava

Um quarteirão ao sul da Praça Josipa Jelačić encontra-se uma extensa e linda área verde, composta por 3 jardins distintos no nome, mas que parecem ser um só parque. Na realidade, o que divide os três parques são duas ruas paralelas que cortam a área verde transversalmente.

Os nomes parecem complicados para nós, mas é imperdível conhecê-los. São maravilhosos, com canteiros de flores caprichados, muitas árvores frondosas e extensos gramados.

Canteiros de flores no Parque Zrinjevac. (Foto: Mônica Sayão)

No parque do meio, que é o Josipa Jurja Strossmayera, há duas construções muito imponentes e significativas: a Academia Croata de Ciências e Artes com sua biblioteca em um prédio em frente.

Academia Croata de Ciências e Artes no Parque Josipa Jurja Strossmayera. (Foto: fr.wikipedia.org)

No Parque Kralja Tominslava, que é o mais ao sul dos três parques, há outra construção de destaque que é o Pavilhão de Arte de Zagreb.

Pavilhão de Arte de Zagreb no Parque Kralja Tomislava. (Foto: Mônica Sayão)

O entorno desses três parques também merece destaque. A arquitetura dos prédios é para ser destacada, dá para pensar que a gente está em Viena, guardada as devidas proporções.

Arquitetura no entorno dos três parques mencionados acima: grande influência austro-húngara. (Foto: Mônica Sayão)

3 – Teatro Nacional Croata

Ainda na Cidade Baixa vale a pena conhecer o Teatro Nacional Croata. Se houver espetáculos de dança ou concertos, ainda melhor. As duas vezes que visitei Zagreb não consegui conhecer seu interior. Mas vale a pena, mesmo que só para apreciar os jardins no seu entorno e a fachada do teatro.

Teatro Nacional Croata. (Foto: fr.wikipedia.org)

Acho que vale a pena incluir Zagreb em uma próxima viagem!

“Arquiteta de formação e de ofício por muitos anos, desde 2007 resolveu mudar de profissão. Desde então trabalha com turismo, elaborando roteiros e acompanhando pequenos grupos ao exterior. Descobriu que essa é sua vocação maior.”

9 Comentários

  • RACHEL ALKABES 8 de abril de 2022

    Mônica! Quantas lembranças maravilhosas esse texto, acompanhado das fotos, me trouxe. A gente entra num universo paralelo de sonho e fantasia. Foi inesquecível. Esperando vc me avisar da próxima. PARABÉNS!

  • RACHEL ALKABES 8 de abril de 2022

    Mônica! Quantas lembranças maravilhosas esse texto, acompanhado das fotos, me trouxe. A gente entra num universo paralelo de sonho e fantasia. Foi inesquecível. Esperando vc me avisar da próxima. PARABÉNS! A gente quer elogiar e não consegue: o sistema daí não está permitindo e sempre dizendo que o comentário é repetido.

  • Mônica Sayão 9 de abril de 2022

    Rachel querida,

    Muito obrigada pelo carinho de sempre!
    Aquela foi uma viagem muito especial para mim pq conheci pessoas muito especiais como vc.

    Beijão,
    Mônica

  • LEILA MARIA PEREIRA VIEIRA 9 de abril de 2022

    Monica, como sempre acontece com as suas descrições viajei de novo a Zagreb, como é bom recordar! Que viagem maravilhosa foi aquela, como a Croácia é bonita num todo. As fotos nem preciso mencionar, magníficas!

    • Mônica Sayão 10 de abril de 2022

      Leila querida!

      Quantas viagens lindas já fizemos!
      Obrigada por seu carinho.

      Bjs
      Mônica

  • Maria do Carmo Salvetti Mosaner 9 de abril de 2022

    Mônica querida . Este boletim como todos os outros nos transporta para os lugares visitados . Talvez seja pela sua precisão em descrevê-los e pelas peculiaridades acrescentadas . Não conheço a Croácia e me vi andando pelas ruas ….. .Parabéns . Bjs

    • Mônica Sayão 10 de abril de 2022

      Maria do Carmo querida,

      Vc é sempre muito gentil! Fico feliz que tenha gostado.

      Saudades. Bjs
      Mônica

  • Edwiges Chiapetta Azevedo 9 de abril de 2022

    Oi Monica, com sempre, fotos lindíssimas, acompanhadas de texto primoroso, parabéns!😘😘

    • Mônica Sayão 10 de abril de 2022

      Edwiges querida,

      Muito obrigada! Literalmente recordar é viver!

      Bj grande,
      Mônica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.