HALLSTATT, um vilarejo de sonho

Se o leitor pesquisar na internet sobre quais os vilarejos mais bonitos da Europa, Hallstatt estará invariavelmente entre eles.

Assim apresento-lhe Hallstatt, localizada na Áustria, na região conhecida como Salzkammergut, que é uma extensa área montanhosa, entremeada por lagos espetaculares e cidadezinhas charmosas, e que fica próxima a Salzburg.

Com menos de mil habitantes, espremida entre montanhas íngremes e o lago de mesmo nome, Hallstatt pertence ao Patrimônio Mundial da Unesco desde 1997. O lago é longo e estreito e de beleza invulgar.

Hallstatt num dia lindo de sol. O vilarejo está “espremido” entre o lago e a montanha íngreme. Visual maravilhoso!
(Fonte: wikipedia.com)

O vilarejo é composto por ruas estreitas e lindas casas rústicas de madeira, algumas que datam do século XVI.

O ponto central é a Praça do Mercado (Marktplatz) onde há lojinhas e restaurantes inseridos num cenário de conto de fadas. É lugar para suspirar principalmente se for tempo das flores que enfeitam as janelas e fachadas dessa praça.

Hallstatt é linda em qualquer época do ano, e, acredite, sob qualquer condição climática. Posso dizer isso porque foi o que aconteceu comigo e meu grupo de turismo alguns anos atrás. Era início de outubro e a chuva começou na véspera, em Salzburg, onde estávamos hospedados, sem previsão de melhora.

Claro que deixamos de fazer passeios bacanas em Hallstatt ao ar livre, mas a gente não pode ter tudo na vida, certo?

Nossa primeira visão de Hallstatt: encanto à primeira vista.
(Fonte: Mônica Sayão)

A chuva estava bem forte, dá até para ver na foto. Mas o charme da arquitetura rústica de madeira com suas janelas floridas
compensava o perrengue. Confesso que o equilíbrio entre guarda-chuva, bolsa e máquina fotográfica não foi fácil.
(Fonte: Mônica Sayão)

Casas lindas e sempre muitas flores, mesmo quando, no caso, já era outono. Repare as escadas (na cor verde, em primeiro plano).
Às vezes não há outro acesso para os moradores chegarem às suas casas mais acima.
(Fonte: Mônica Sayão)

Trepadeiras com frutos (parecem pêras) dando um toque extra às fachadas.
(Fonte: Mônica Sayão)
A entrada de Hallstatt (onde há inclusive estacionamento) fica depois da última casa dessa foto. Alguns carros têm acesso a essa parte do vilarejo. Mas bem na praça principal não há acesso de carros, até porque as ruelas não permitem! (Fonte: Mônica Sayão)

Torre da Igreja Luterana de Hallstatt, que fica bem próxima da Praça do Mercado.
(Fonte: Mônica Sayão)

A emblemática Praça do Mercado (Marktplatz) é a atração principal da cidade.
Maior charme é impossível! (Fonte: Mônica Sayão)

Mais da Praça do Mercado. A gente não se cansa de fotografar. (Fonte: Mônica Sayão)

Detalhe de uma fachada da Praça do Mercado. (Fonte: Mônica Sayão)

Recanto charmoso da Praça do Mercado. (Fonte: Mônica Sayão)
O bom é a gente se perder pelas ruelas e descobrir outros recantos bacanas.
(Fonte: Mônica Sayão)

Charmoso demais! (fonte: Mônica Sayão)

Mais uma daquelas trepadeiras encostada na fachada… o grupo amou!
(Fonte: Mônica Sayão)

Já na parte final do vilarejo, Hallstatt continua “espremido” entre lago e montanha.
(Fonte: Mônica Sayão)

Igreja Paroquial Católica de Hallstatt. (Fonte: Mônica Sayão)

O que fazer em Hallstatt:

1 – Fazer o que fizemos e mostrei através das fotos acima: se perder por suas ruelas, entrar nas lojinhas, escolher um bom restaurante. É o bom programa para quem vai passar só algumas horas no vilarejo.

2 – Em caso de pernoite, e com bom tempo, recomendo um passeio de barco pelo lago Hallstatt. O visual é lindo demais! Como o lago é comprido, há duas rotas de barco onde pode-se apreciar paisagens bem bucólicas, algumas com um punhado de casas isoladas. O escritório de turismo está sempre disponível para sugerir as melhores opções.

3 – Subir de funicular a montanha que leva de Hallstatt até Salzwelten, uma antiga mina de sal com um lago subterrâneo. A grande riqueza da região de Salzkammergut no passado era o sal. Em Hallstatt não foi diferente. A mina é muito antiga e enorme e hoje o local com acompanhamento de guias locais. Outro atrativo ao subir de funicular é chegar ao Skywalk, que é uma plataforma de observação do lago e de Hallstatt vista de cima. De tirar o fôlego!

A vista da plataforma de observação. Não é um espetáculo?
Hallstatt está abaixo da plataforma e se estende até o canto direito da imagem.
(Fonte: tripadvisor.com.br)

Vou ter que voltar a Hallstatt com tempo bom, não vai dar para escapar!

Notícias Relacionadas

4 Comentários

  • Avatar
    Zilton Neme , 17 de outubro de 2020 @ 12:41

    O lugar é lindo, mesmo com o tempo ruim.
    Parabéns Sra. Mônica, sempre mostrando maravilhas.

    • Mônica Sayão
      Mônica Sayão , 18 de outubro de 2020 @ 17:46

      Olá Zilton,

      Hallstatt é lindo mesmo!
      Muito obrigada por suas palavras!

      Um abraço,
      Mônica

  • Avatar
    Leila M P Vieira , 18 de outubro de 2020 @ 12:51

    Mônica, que maravilha, parece saída de um conto de fadas. E as fotos então dá até vontade de se penetrar através delas. Beijos

  • Mônica Sayão
    Mônica Sayão , 23 de outubro de 2020 @ 10:32

    Leila querida,

    Hallstatt é um sonho.
    Agora preciso voltar com céu azul!
    Obrigada pelo carinho.

    Bjs
    Mônica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *