De novo o STF

O ministro do STF,  Ricardo Lewandoviski, tirou da prisão do Tremembé, SP, e mandou para o hospital penitenciário o médico estuprador Roger Abdelmassih, condenado a 173 anos de prisão por 47 crimes, dos quais 38 estupros.

Foto: Google Imagens – Agência Brasil – EBC

Segundo ele existem “conflitos” nos laudos médicos no caso do psicopata de jaleco.

Essa decisão é pior que machismo, racismo, crime de gênero. 

E todas as mulheres dopadas, abusadas e estupradas sofrem mais uma estocada brutal no peito e no moral.

O canalha vai para o “hospital domiciliar” receber os mimos e torrar a grana que ganhou das vítimas que pretendiam ser mães.

Com isso, a bancada de defesa do réu vem ganhando tempo de refresco para seu cliente.

O resto da história é tão asquerosa que não quero causar nas minhas leitoras o asco que estou sentindo.

Só desejo que o inferno exista em bom tamanho porque será pequeno.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *