Você sabe jogar “Quarentena”

Aprenda aqui

Troque “risquinhos”, e evite “cruzinhas” de “aqui jaz” e bata um bolão observando as bolinhas, no vídeo ao final do texto. Estamos na época da quaresma e a quarentena não vai fazer mal a ninguém.

Oportunidade espetacular para as pessoas se encararem no espelho: não adie mais a autoanálise.

Se tiver família ou bichos ou plantas, crie uma agenda interessante: prepare a mesa, jogue cartas, tem um dominó, xadrez? Nada de overdose de Netflix! Livro, pra folhear.

Dispense a Martinha Medeiros e troque a “perna aberta” e “bom copo” da Clarice Lispector pelo original: leia Kafka. Beba na fonte. Carlos Castañeda e Goethe, nunca o maguinho plagiador Paulo Coelhinho. Ah sim, Monteiro Lobato, Lord Byron, e Asterix e Obelix.

Mude as plantas de lugar, pinte os vasos.

Brinque com seus bichos. Interaja e os observe. Temos mais a aprender com eles do que muitos imaginam.

FIQUE TRANQUILO: não vai faltar alimento. Alimente-se bem – corpo e alma.

O Corona Vírus é um mal sim, perigoso, em progressão de propagação rápida, mas traz um bem que não tem preço. A oportunidade de reflexão e de aprender uma máxima básica: um por todos e todos por um. Você, indivíduo, não é o centro do universo. Vai aprender isso, querendo ou não.

Enquanto isso, no VELHO CONTINENTE…

Os caminhões continuam a trafegar carregando alimentos e os supermercados estão cheios. Inclusive de papel pra limpar a bundinha, aquele que deixou milhares com o cu na mão.

É uma maravilha não ter aglomeração nas ruas, gente comprando e comprando e consumindo. Pegar a bicicleta e se enfiar por aí com o grupo do confinamento ou sozinho é algo espetacular. O esquilo. O passarinho. O falcão…

A flor que aparece e anuncia que logo chega a Primavera. Não tem trens sem parar e nem aquele céu cheio de aviões. Nem carros pra todos os lados.

Os europeus sabem o que é responsabilidade social. Não têm piscina em casa, mas lagos e rios limpos. Coisa que o PSDB, o PMDB, o PT e toda a esquerda e a canalhada United nunca se preocupou.

O Dória Cor de Rosa Choque já mandou limpar o Tietê, o Pinheiros? E o transporte em São Paulo já está no nível dos chineses com trens e metrô espetaculares para todos os lados?

Na Europa, se você atravessar fora da faixa e no sinal fechado para pedestre pode ser advertido por uma criança por deseducado e dar mau exemplo. Se sair com o farol do carro desligado, várias pessoas vão sinalizar não porque estão preocupadas em controlar você, mas estão preocupadas com a sua vida, a deles, a dos outros. O brasileiro precisa evoluir.

PREVENIR e EVOLUIR…

Ficar mais em casa, curtindo a família, a si mesmo… Faz bem pra alma. E para o corpo. Saúde física e mental.

Se você tem parente serpente e gente que não aguenta olhar pela frente, é hora de respirar fundo e ver como vai resolver isso. Quem nunca?

Sei bem do que falo. Me livrei disso tantas e tantas vezes que já perdi a conta. É tão bom chutar a macumba. Trabalhe o comodismo e os seus medos. Se fortaleça.

Respeite as pessoas. As que te respeitam. Não perca tempo com gente inútil. Se informe. Não deforme!

Coloque aquela música que você gosta, tente fazer aquele bolo, escreva cartas para mandar qualquer dia desses. Ligue para os amigos e fale com eles. Ou grave mensagens. Pare de compartilhar e compartilhar e compartilhar e compartilhar baboseiras para mostrar que você sabe do assunto… Pare! Segure a sua ansiedade e o vazio existencial.

É hora de uma boa pausa. Pausa para continuar.

Regras do jogo:

Observe as bolinhas: É a simulação tática do Washington Post. Se fizermos a jogada certa podemos salvar a nossa vida e a dos outros. E venceremos!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *