STF: Dai a César o que é de César!!!

Foto: Junia Turra

Estão reclamando que Bolsonaro não se pronunciou contra as alucinações do STF.
Não vai, não!
Quem tem que se manifestar é o Legislativo. Desde quando o Judiciário legisla?
Bolsonaro deve se sentar, confortavelmente, com todos os ministros deste governo de excelência em trabalho, competência e coesão para assistirem de camarote o desenrolar dos fatos.
Estamos sob a tutela de um grupo de césares dantescos com cetro nas mãos e tacando fogo em Roma como se Nero fossem. E têm a pachorra de virar o dedinho pra baixo, para o presidente eleito e o povo, que enfiaram no Coliseu e jogaram aos leões.
Cuidado…
Androclus e o Leão
Existe uma história real que conta o seguinte:
Androclus foi feito escravo, tentou escapar e correu por uma floresta. Deu de cara com um leão. Mas ao invés de correr observou que o leão chorava com um enorme objeto que trespassava sua pata. Androclus então passou horas tentando retirar o objeto. Quando conseguiu, fez um curativo com pedaços de suas roupas, ajudou-o a caminhar. O animal seguiu até uma caverna. Lá ficaram. Androclus cuidou do leão. E o animal depois caçava e trazia comida para ambos.
Mas… foram capturados pelos romanos.
Como Androclus era um escravo fugitivo foi condenado a morte e a lutar na Arena. E jogado na arena aos leões…
O maior e mais bravo deles trucidava as vítimas rapidamente.
E lá estava Androclus diante do animal, sob os olhares de um Coliseu lotado.
O enorme leão correu e se posicionou à frente dele. Ao invés de atacá-lo pulou nele e lambeu seu rosto, depois suas mãos e se deitou no chão. Ele o reconheceu!
A plateia foi ao delírio: gritava e aplaudia.
Assim, o escravo Androclus (no grego Androklos) ganhou a liberdade e o leão como presente.
Juntos, Androclus puxando o leão pelas ruas de Roma, foram saudados e presenteados com dinheiro e alimentos e o leão recebeu coroas de flores no pescoço. E assim seguiram juntos.
Moral da História
Androclus e o leão são Bolsonaro e o povo.
Não adianta tentarem jogar um contra o outro.
O leão representa o povo ferido e traído. Bolsonaro como Androclus, salvou o povo do fim.
Não estão mais na arena, portanto…
Césares supremos do STF: os senhores terão que se resolver com o “Senado” (o Legislativo). Ou ambos serão jogados aos leões.
O povo ruge!
E tem ao seu lado, o presidente eleito e sua equipe de governo.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *