17 de abril de 2024
Colunistas Junia Turra

Sinéad O’Connor: A infelicidade anunciada

A mãe batia.

A mãe abusava.

Foi levada para um abrigo infantil.

Apanhou, sofreu mais abusos.

Foi para uma instituição religiosa de acolhimento e uma das irmãs deu um violão, ensinou canto e a matriculou em aulas de música.

Mas a base…

Na base se estabelecem as referências.

A dela…

Referência de destruição.

Formou um duo (mais fashion do que “dupla”) com outro músico e aos 20, no final dos anos 80, estourou com hits seguidos e estourou mundialmente com “Nothing Compares to you”.

Foi usada como boi de piranha. Rasgou a foto do Papa João Paulo II e o chamou de “real enemy”.

Mas o Papa admitiu, reconheceu e pediu perdão pelos erros passados da Igreja e incluiu a luta contra a pedofilia dentro e fora da Igreja.

Sinéad não sabia que o inimigo real era outro. A própria indústria onde ela estava inserida e foi uma das vítimas das drogas pesadas de todos os tipos. As crises e alucinações viraram uma constante.

Teve vários relacionamentos e casamentos que duravam pouco.

Com o musico Peter Gabriel, por exemplo, ele chegou a cancelar uma turnê onde se apresentavam juntos e encerrou o relacionamento com a cantora pela instabilidade preocupante dela.

E os filhos dela foram vítimas de todo esse contexto.

Teve 4 filhos: 3 homens, e perdeu a guarda da filha.

Uma história triste. Muito triste.

O filho Shane, de 17 anos, depressivo em estado grave, o que mais parecia com ela fisicamente e com quem ela dizia ter mais afinidade, foi o mais afetado.

No ano passado ele foi internado numa clínica para evitar o pior. Mas fugiu do local e o pior aconteceu…

Sinéad disse que metade dela tinha ido embora com a morte do filho e que ela não queria mais viver.

Foi encontrada inconsciente…
A polícia foi chamada.
Ela já tinha partido.
Fisionomia serena,
Disse um policial.
Vamos aguardar a autópsia
Disse outro.
Morreu…
De tristeza!
Que pena.

Com Hugo S. Ishii

O vídeo com o maior sucesso dela. Linda, talentosa e tão infeliz… https://youtu.be/0-EF60neguk

E o último vídeo…. Lamentável o estado dela. https://youtu.be/t714Hi6-BBs

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *