5 de março de 2024
Colunistas Junia Turra

Os Especialistas Inúteis


Impressionante como tem especialista em Saúde no Brasil. Sabem tudo. Um diz que o álcool gel não funciona para assepsia. Outro sugere limpar as mãos com vinagre.
E por aí vai…
Quando ensinarem a tossir pra dentro, vocês, por gentileza, me avisem e não deixem de “compartilhar ao máximo”.
As comparações “genéricas” dos “experts” chega a ser de uma pureza gritante:
“A gripe mata mais, o câncer mata mais, infarte, aneurisma e já passamos por dengue, chikungunya…”. Tem bicho de pé, lepra, tuberculose…

Pensando bem, tem horas que fica difícil saber se é melhor o que mata ou o que não mata.
O que não mata engorda, e isso é mortaaaal!
Porque tem gordo feliz da vida, mas tem os frustrados, que não se aceitam, não conseguem parar de comer e aí começam a querer mudar o padrão de beleza. Mas a obesidade desencadeia problemas seriíssimos de saúde.
Tem mais, a autoestima baixa é regra e logo se encaixam em algum bando criminoso, político.
Tentam mudar o padrão de beleza e o “padrão político”. Exemplos não faltam. Um deles foi até a Espanha para tentar armar um golpe contra o governo e se auto “Coronar Virus”. Nao é Nhonho Botafogo Maia?
Ah, se falta de vergonha na cara matasse.
Vamos ao recorde Brasil, que não mata, mas gera um vício mortal: o tarja preta em todas as faixas etárias.
Mas aí temos que dar um jeito de matar o comportamento de médicos, psiquiatras, que receitam aquele sossega leão para as decepções, perdas, tristezas, ansiedade e tantas coisas que o ser humano precisa passar mas agora “não pode mais”. Tudo para garantir aquele presentinho que os laboratórios dão: viagens ao exterior, uma semana num resort numa praia qualquer…
O que mata mais?
O que mata mais é a falta de assistência médica, o que mata mais é a corrupção que desvia a verba da saúde e da educação.
E prolifera a maior doença: a irresponsabilidade de falar o que acha que sabe e acreditar em qualquer um que afirma que sabe.
Quanto ao Corona Vírus
O que você precisa saber:
– garanta a imunidade do organismo: evite locais fechados e cheios de gente; lave sempre as mãos, use o álcool gel, se puder compre o que é usado em centros médicos. Você pode comprar on line.
– O vírus se espalha rapidamente e os sintomas não aparecem imediatamente.
– depois aparece a febre e os pulmões são afetados. Vem a pneumonia.
Aí entra o detalhe:
É necessário o uso de equipamento hospitalar, a máscara de respiração intensiva. Nenhum país do planeta tem como providenciar isso em larga escala. Por isso as mortes sequenciais.
Prevenir é o melhor remédio.
Ah, o Corona vírus não se adapta a temperaturas elevadas. Passe uma temporada na África, no Egito ou em Burquina Faso, por exemplo. Lá eles só matam cristãos. Sumariamente.
No mais, muda o rumo da prosa.
Não adianta dizer que a gripe mata mais por ano ou outra coisa qualquer, porque basta estar vivo pra morrer.
O que mais mata é a idade. E ninguém vai sobreviver a ela.
Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *