24 de abril de 2024
Colunistas Junia Turra

O sermão nosso pra cada dia

Imagem: Google Imagens – Redenção.co

É isso que se deveria fazer em qualquer local onde se propõe a elevação do ser“. Mas não fazem isso.

Padrecos fazendo política, pastores dançando e salvando almas, operando o milagre do “enche o meu bolso“, o mesmo com a turma do vocabulário programado que as programam a ser menos ocas e infelizes: não o são!

A cada namastê“ e gratidão é fórmula da felicidade – intermedeiam a baixa autoestima com a vontade de ser o que outros pura e simplesmente são.

E falam… falam do outro, dos outros, mugem a cada fake news e a repassam, compartilham, comentam.

A turma surfista: precisa falar, falar, e falar pela bunda… sem pensar. Sem medida, sem receio, um permanente bullying ao outro.

Falam do fulano, mas jogam pra debaixo do tapete e se indignam se falarem do beltrano, que faz igual ou pior que o sicrano.

Vícios de sociedades que vivem em bando, precisam ser aceitos em hordas e grupos. Não se bastam, não dão conta de ficar consigo mesmos. Sequer sabem quem são.

Um amigo com quem divido madrugadas e caminhadas pelo mundo – ele de um lado, eu de outro… falta tempo – somos coelho de Alice – sempre aqui e ali, multifacetados – mas temos todo o tempo do mundo para mergulhar em nós mesmos, entre montanhas e lagos e mares e arquiteturas e culturas distintas, ao vivo, em livros , na rapidez da tecnologia.

E sós, é onde menos solitários somos. E nas experiências distintas, em mundos opostos, o principal nos une – buscamos o mesmo, falamos a mesma língua. E não somos só nós. Temos outros iguais. Um grupo de elite, uma confraria de elite, que se identifica pelas afinidades, em qualquer lugar do planeta. Cada um com seu cada qual, deixemos então, os limitados ricos de ganância e ignorância e vazio interior meterem o pau. Afinal, cada um com seu cada qual! …. allez, allez, Monsieur! Os cães ladram e a caravana passa.

Vícios de sociedades que vivem em bando, precisam ser aceitos em hordas e grupos. Não se bastam, não dão conta de ficar consigo mesmos. Sequer sabem quem são.

Veja o vídeo:

https://fb.watch/kiAS5FnZE_/

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *