13 de junho de 2024
Junia Turra

O camaleão

david
A informação hoje cabe a todos. A tecnologia nos jogou num mundo de acesso rápido e espetacular. Eu leio absurdamente e circulo por vários canais de TV, rádios, jornais, emails, links de amigos, livros, imagens. Estou sempre atrasada porque 24 Horas não são suficientes para tudo o que eu gostaria.
Mas a busca é pessoal. A busca faz parte da minha profissão também. O que você busca?
A postagem engraçada ou que sacaneia o adversário político? Ótimo. Só? Por que não vai mais a fundo? Quem são, a história deles? Você sabe? Não? Não!
A mesma desconhecida que, certo dia derramou milhares de postagens contra Freixo e contra a esquerda e o comunismo e exaltou Crivella sem ler o que os outros informavam, sem dialogar, ali “nascida pronta e acabada”, ontem escreveu que traficantes crentes da turma do recém-eleito Crivella expulsam da favela a turma dos terreiros e que logo chegarão nos espíritas como ela. Perguntada por mim se não era Crivella o candidato que ela apoiou, a bonitona informou que não, era contra os comunistas.
Nessa hora… cadê?
Esquerda esquizofrênica, direita, com Alzheimer e os de centro com TOC, mais perdidos que cego em tiroteio, como se no Brasil houvesse partidarismo.
Bem, quadrilha é codinominada “partido”. Quando têm o conhecimento de que temos três Poderes, não sabem o que cabe a cada um. Legislar, Executar e Julgar; ai, verbos difíceis demais pela forma especifica que lhes cabe assim como investigar, prender.
Ih, mas prender alguém o cidadão comum pode em alguns casos definidos na lei, quem julga pode, prender também.
Vai, pesquisa… é uma longa estrada, mas vale a pena.
Evite limites e deixe de comodismo: espante a ignorância! Ninguém sabe tudo. Mas ganhe mais tempo para enriquecer o pensar. Porque sua belezinha vai para as cucuias no tempo que voa. Mas a ignorância fica impregnada. Livre-se dela. Essa parte depende apenas de você.
Se outros buscam o grupo e as palavras de ordem para se indignar sobre o transgênero morto e exigem juntos uma lei para isso, não conseguem pensar além?
Por que não procuram a informação? Será que há uma lei? Sim. Há. Na Constituição, artigo V, “todos somos iguais perante a lei, independente de raça, credo, sexo…” E no Código Penal: homicídio, agressão, com culpa ou dolo. E se não entendeu, clique nos links de dicionários, jogue a pergunta até achar.
Em tempos de tecnologia: quem procura acha! Não, o Brasil não é campeão em violência e morte contra gays. Mas contra mulheres e crianças, SIM. Homofóbico também. Mas o número  – sim há essas informações, mas aí, é em outro departamento. Vc tem direito a essa informação e os órgãos públicos têm. Ou joga na “busca”.
Outro dia vi gente de cinema falando que a Editora Abril fez uma pesquisa mostrando que o Brasil é um dos países com mais analfabetos no planeta e que a educação caiu de nível absurdamente desde o tal FHC pra cá. Ele questionava a Editora Abril.
Fala sério… e todos discutindo a Editora Abril  – direita x esquerda. Só que a pesquisa foi feita por um “Instituto Internacional de Avaliação do Reino Unido  – o mais abalizado do planeta para isso”.
Então… procure, procure… não se dê por conformado. Abra seus Horizontes. Aceite a critica, leia, reflita, desconstrua. Assim crescemos.
Mas preste atenção nos tipinhos que usam a net para economizar na terapia  – depressivos e frustrados que repetem à exaustão suas longas histórias… saia dessa vibe e dessa página virtual que não te pertence. Desocupe-se de malucos  – nem os amigos de Freud dão conta.
Freud dizia que alguns não têm tratamento porque é a natureza deles. Nasceram vítimas na essência e vão torrar o saco do planeta. Então, pau que nasce torto morre torto, sabemos via sabedoria popular.
E procure aprender outras línguas e se não tem paciência, no mínimo busque muito sobre outras culturas, mesmo que não entenda, sintonize em programas de TV de outros países  – as imagens te esclarecem. Mergulhe no planeta que é nosso. Não somos desse ou daquele lugar apenas. Aumente seu horizonte: somos terráqueos.
Traga o que parece inacessível para muito perto de você!
Aqui, queridíssimos… gente do imaginário de muitos, pertinho… dois já seguiram viagem… Outro, ainda circula na mesma órbita que nós. Pouca gente viu… vamos ver…
N.A.: Mauro Frysman – essa postagem aí leva assinatura Dupla  – minha e sua nas nossas conversas na moita 🙂
Clica no Vídeo – não fique com preguiça. Ele é assim mesmo “camuflado”.

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *