20 de julho de 2024
Colunistas Junia Turra

Era 2013…

Passaram-se 9 anos…

Einstein não riria disso.

Aliás não tem nada de engraçado.

Quem perdeu foi o povo.

Negociatas na Petrobras.

Negociata em tudo.

Um país vendido à prestação ou ali, à vista.

Na nossa cara.

Fingimos cegueira.

O povo, ao longo de décadas deu de ombros. Só no governo de São Paulo, o PSDB ficou 27 anos no poder mamando, com coligados do PMDB e também os “adversários pra inglês ver”.

E o rio Pinheiros e tantos outros, foram limpos? Quantas linhas novas de metrô? A máfia do asfalto vai tirar o calçamento antigo do centro histórico da capital paulista, onde injetam barracas e picham para invadir.

Nunca houve tanta gente nas ruas, propositadamente. E nunca o crime organizado chegou tão longe.

Que o diga o “calça sem prega” que quando prefeito colocou para cuidar da questão social, Cracolândia, a tal Soninha Francine, ex MTV, e que levou pra casa um dos elementos cracofóbicos. O amor, snif, snif, é lindo…

Mas resolveram o problema? Claro que não…

Estão no governo fazendo revezamento e se autorrepresentando.

Faz tempo que levam muito nas negociatas, mas muito mesmo.

E continuam rindo e gargalhando às nossas custas.

Tem gente correndo atrás de voto? Ainda não entenderam onde o bicho pega.

Sempre criticam outro país, sempre garantem o desvio de rota…

Mas… não se enxergam, não olham para o olho do furacão no próprio país.

E… é impressionante o egocentrismo via de regra.

Todos falando ao mesmo tempo um “nada sonoro” .

É preciso ir ao cerne da questão. Não foram e não irão…

Olha o Roberto Jefferson e a trupe dele.

Puxe o fio da meada e você vai ficar irado com muitos outros, os que te passam receita e mal cozinham o trivial.

No final?

Todos perdemos.

Tem gente correndo atrás de voto? Ainda não entenderam onde o bicho pega.

Sempre criticam outro país, sempre garantem o desvio de rota…

Mas… não se enxergam, não olham para o olho do furacão no próprio país.

E… é impressionante o egocentrismo via de regra.

Todos falando ao mesmo tempo um “nada sonoro” .

É preciso ir ao cerne da questão. Não foram e não irão…

Olha o Roberto Jefferson e a trupe dele. Puxe o fio da meada e você vai ficar irado com muitos outros, os que te passam receita e mal cozinham o trivial.

No final!?

Todos perdemos.

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *