2 de julho de 2022
Colunistas Junia Turra

A Alemanha não separou vacinados de não vacinados

Todos os dias a ala da extrema esquerda MerDel diz isso, aquilo… E o povo protesta… E protesta…

O governo alemão tenta pressionar para que o povo tome no bracinho.

No Brasil é o contrário.

Tomarão tudo onde mandarem tomar, querem mandar nos outros e caem nas mentiras mais deslavadas como “validade vencida” daquilo que tomaram no bracinho… e por aí vai. Vai mesmo…

Que tal a exigência da “espetada” para encarar os voos?

Onde bateram o martelo sobre isso? Que canseira…

Cada dia tem frases soltas para aquele buuum! São plantadas pela grande mídia ou saídas das redes sociais com sucesso…

No Brasil a colocação estratégica sem sustentação real é imediatamente usada como “verdade absoluta e decisão definitiva” por quem quer causar, polarizar, ganhar em cima, ter curtidas.

E tudo isso sem a menor responsabilidade e percepção do mal que causa. Aliás, muitos têm sim… E é isso que querem… Direita? Esquerda? Lamenta-se. De ambos os lados.

Prevalece a deformação da informação e a especulação. Quanta gente tomará uma decisão errada por causa disso… Muitos ficarão angustiados, preocupados…

Aliás, isso importa diante dos interesses imediatos desses uns e outros que “informam com a pegadinha da deformação”?

Ouvi de um grande nome da Pesquisa e da Ciência ontem que em certas situações a pergunta é a maneira mais significativa de dar um passo a frente. Ele estava preocupado com a “live” que eu o convidei para participar em cima da hora. E ele perdeu um tempo enorme, que eu sei o quanto é precioso pra ele, para encontrar um jeito de fazer isso.

Este é o contraponto:

Apesar do cansaço, apesar dos compromissos, das pessoas que precisa atender…

Exatamente porque ele tem o compromisso com a verdade e o bem comum. Pessoas assim tem respostas, explicações e interrogações.

Os exemplos nos levam a pensar… 3

Enquanto não respeitarmos o conhecimento de quem conhece e tentarmos nos sobrepor a isso com colocações pessoais e não do problema mostrado e perceber que isso é o que precisa ser resolvido para ir adiante, será muito difícil sairmos desse buraco sem fundo.

A “live” não aconteceu, mas nós estávamos ali.

Ele usa o conhecimento, não usa frases feitas. Será que seria realmente ouvido? Será que não foi melhor assim? Eis a questão.

Fotos em anexo:Alemanha penaliza não vacinados? Ooooooooi??????

Esse tempo de verbo no presente veio de onde e vai pra onde?

Na sequência a “Te atualizei?” não atualizou, confunde integrante do Bundestag com Ministro da Saúde.

Imagina analisar o Bundesrat. E tem quem leve a sério … Vide foto…

Foto 3 – o representante no Parlamento do partido da chanceler foi quem falou mais uma das asneiras mandadas por MerDel

Foto 4 – Ministro da Saúde alemão Jehns Spahn.Att: a palavra “ministro” em alemão cabe para outras situações sem tradução na forma política do Brasil. Mas o Ministro da Saúde é Ministro como a que temos.

author
Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.