22 de fevereiro de 2024
Colunistas Joseph Agamol

“O papel da comédia é ofender.” (Rowan Atkinson)

Foto: Ian Derry

O ator que interpreta Mr. Bean deu essa declaração quando condenou a tal “cultura do cancelamento”. E prosseguiu:

– o mundo hoje é o equivalente digital de uma multidão na Idade Média em busca de alguém para queimar.

Lembrei dessa entrevista do ator britânico quando vi alguns jornalistas pedindo censura a um cartum envolvendo um dos de sua classe. Eu ia acrescentar pontos de exclamação após a palavra “censura” para enfatizar o absurdo que é jornalistas pedirem mordaça a quem quer que seja. Mas aí pensei que, no mundo de hoje como um todo e no Brasil em particular, esse é só mais um absurdo dentro da rotina de insanidades cotidianas em que vivemos.

O nosso país hoje me lembra um antigo conto do argentino Julio Cortázar, “Casa Tomada”, que faz parte do livro “Bestiário”: nele, dois irmãos vão vendo sua casa ser pouco a pouco invadida e ocupada por estranhos, dos quais eles só ouvem os ruídos quando chegam e se instalam. Paulatinamente, todos os cômodos vão sendo ocupados – e os irmãos ficam sitiados no único que lhes resta.

O conto de Cortázar até hoje é visto como uma parábola assustadora da ditadura argentina.

Ele não podia imaginar que a realidade hoje assusta muito mais.

Joseph Agamol

Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *