23 de fevereiro de 2024
Colunistas Joseph Agamol

Eu detesto esse negócio de “estou fazendo uma limpa nas minhas redes sociais!”

Primeiro porque ninguém liga se você está fazendo limpa ou não, caro doirado alecrim do campo. Ninguém liga.

Segundo? Não tem segundo, é só o primeiro mesmo.

Mas eu gosto de explicar. Vai que algumas dessas pessoas silenciosas que me seguem gostam da minha amizade virtual. Acho que merecem um breve esclarecimento.

Então, nada pessoal, pessoal. Estou só abrindo espaço para novas pessoas, tão magníficas, dignas e maravilhosas quanto vocês.

A prioridade da exclusão é dos que não tem nada em seus perfis (acho estranho pacas), dos que não falam nada, nunca, dos quase evidentemente quase psicopatas, dos evidentemente loucos de pedra, dos – agora é sério – xenófobos, dos que falam mal do Rio de Janeiro (eu posso, eu sou carioca), dos que põem o papel-higiênico com a folha para trás, dos que não misturam o arroz com o feijão, dos que comem macarrão com farofa, dos que misturam banana com comida, dos que usam abomináveis neologismos como “churras”, “padoca” e “feijuca”, dos isentões kombistas que se acham iluminados (só se forem no sentido do livro do Stephen King), dos que nunca compraram meu livro…

Reticências porque estarei atualizando a lista à medida em que estiver lembrando.

Ah, gerundistas também.

Está valendo!

Joseph Agamol

Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *