17 de abril de 2024
Colunistas Joseph Agamol

Além do desalento

Tenho visto muitas pessoas se entregando – ou quase. O cenário realmente parece depressivo. Mas, ainda que o dia-a-dia sugira um aperreio constante, há razões para não se deixar acabrunhar. Senão, vejamos:

1 – a ditadura do pensamento único fechou o cerco – mas ele está sendo atacado em vários pontos.

2 – nunca antes na História tantos ousaram pensar diferente – e levantaram a voz.

3 – a Liberdade é o Estado natural do homem. Pode demorar – mas todas as ditaduras caíram. E cairão.

4 – ainda que o seu trabalho silencioso e, muitas vezes, solitário, pareça pequeno e infrutífero, ele será – e está – sendo somado ao de milhões de outros como você. Milhões que fazem um serviço de formiguinha, em luta pelo que é bom, belo, justo e digno.

5 – ainda que alguns façam o trabalho sujo das trevas, do desconhecimento, do caos e da servidão, o Bem é chuva forte que desce montanha.

7 – por fim, se tudo parecer perdido, lembre de Eric Clapton e Jeff Beck tocando “Moon River”.

Vale a pena lutar por um mundo que criou algo assim.

P.S. A canção – se é que podemos chamar de forma tão simples essa pequena pérola – está abaixo.

Joseph Agamol

Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *