3 de março de 2024
Colunistas Marco Angeli

Regina Duarte: ‘Estou vivendo a história do meu país.’


Em entrevista para o Fantástico, Regina mostra o que quer para o Brasil
Bom senso é coisa rara, nestes tempos bicudos de polarização.
E rara é um adjetivo que pode ser aplicado à Regina Duarte, com certeza.
Com a calma e dignidade com que sempre se expressa, em entrevista para o Fantástico neste domingo Regina disse estar ‘vivendo a história do meu país como ela vem’, se esquivando de uma pergunta matreira do entrevistador da Globo.
Regina falou sobre as polêmicas exonerações, sobre patriotismo, e sobre o silêncio da grande maioria dos artistas que, segundo ela, devem começar a se manifestar.
Naturalmente, ela se refere aos que foram colocados de lado pela ditadura cultural da esquerda.
E são muitos.
Tenho lá minhas dúvidas sobre se um dia se manifestarão.
Calados até hoje, parece ter sido uma característica da classe artística -não os de esquerda, claro – não se envolver na vida política do país, seja lá pelo que for.
Fosse mais ativos politicamente nestes últimos anos, talvez não tivessem sido tão prejudicados e deixados de lado.
Falo, evidentemente, do que sei.
Sou artista plástico desde 1972, e vivo de trabalhar com cultura desde sempre.
A polarização burra que hoje grassa neste país -tema abordado por Regina de forma perfeita- e que só interessa aos manipuladores do poder tem que acabar ou se transformar em algo que seja realmente produtivo para o país.
Veja o vídeo conosco de trechos da entrevista para o Fantástico:

Dividir o povo é uma estratégia antiga e gasta.
Pacificação, palavra usada por Regina Duarte, se aplica como uma luva neste caso.
Para os que tem boa vontade, é claro.
Para os que realmente amam este país, acima de qualquer ideologia.
O resto -aqueles que torcem pelo atraso, pelo retorno de um passado negro, seja qual for- é apenas o resto.
Não serve para nada além de promover o mimimi eterno e choroso dos que vivem olhando pra trás.
É hora, como disse a nova secretária da Cultura, de finalmente olharmos para a frente.
Salve Regina!
Fonte: www.marcoangeli.com.br

Arquivados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *