Eu e os mosquitos

Google Imagens – Exame

O bairro de Botafogo está abarrotado de mosquitos e drosófilas, aqueles mosquitinhos que adoram uma banana madura.

O meu irmão mora em um prédio em frente ao meu e a síndica já contratou um carro fumacê.

Ele dorme com a raquete do lado da cama.

Aqui em casa não se pode relaxar um segundo sequer.

Sujou a louça, tem de lavar na hora e ainda assim essas pestes não saem da cozinha.

Vou falar com a síndica daqui para fazer a mesma coisa.

Mas agora resolvi que, já que o inimigo é mais poderoso que eu, me tornarei amiguinha desses insetos.

Quando eu acordar e for à cozinha preparar o café da manhã, a primeira coisa que farei é cumprimentá-los:

“Bom dia queridos, dormiram bem?

Levanta a mão, ou melhor, a asa quem quer sobrevoar uma bananinha quase apodrecida que guardei aqui para vocês?”

Será que assim eles vão ter peninha de mim e me largar?

Brincadeiras à parte, é inacreditável o pouco caso de diversas prefeituras seguidas que não fazem esse tipo de serviço.

Participo de alguns grupos de moradores de bairros da Zona Sul e a reclamação é constante.

Acho o fim da picada que os moradores tenham de pagar por esse serviço, quando ele deveria ser gratuito. #prontofalei.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *