23 de abril de 2024
Colunistas Junia Turra

Feliz Natal!

Que, sejamos flores, que plantemos amor! Mas, que nunca fechemos os olhos pra nossa liberdade!

Foto / Dick Van Duijn – Viena scene

Desejo, o amor verdadeiro do Cristo que nasceu e morreu por nós!

Meu coração está irmanado com cada amigo virtual ou real, a minha família, aos meus filhos de Deus perfeito e inclusive aos meus inimigos, para que possam caminhar na estrada da regeneração, conforme o livre arbítrio! (Quitéria Melo)

Vale para todos, os que tenham filhos ou não, em qualquer relação de encontro, no comércio, no transporte, pela rua, tudo é real, até quem finge ser o que não é no mundo virtual, porque não é nada, independente da plataforma.

Que prevaleça o livre arbítrio e não a imposição para o bem ou para o mal. O crescimento ou a estagnação é sempre pessoal e intransferível.

E o não para a imposição a decisões, opiniões…

A liberdade inclui o erro e o acerto ou não se adquire o aprendizado.

Ainda que muitos nunca aprendam porque está neles a arrogância, a limitação, a prepotência, a ignorância e a falta de luz na essência do ser, a liberdade permite a verdade.

E só a verdade liberta!

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *