29 de maio de 2022
Junia Turra

A União faz a Força


Hora de unir e não de se desviar. Deixe a crítica rasa de lado: use o cérebro.
Quando for criticar um gringo que critica o Brasil, tome cuidado para não cair na esparrela da esquerda. É isso que eles querem!
Relatos de amigos gringos:
“O Brasil é sujo, não tem saneamento básico, jogam lixo na rua e tem bosta por todo lado na cidade de SP. Cheio de gente dormindo nas ruas e a Avenida Paulista aos domingos é um horror. Há anos estive na cidade e não era assim.”
“Qual motivo de visitar SP? Comer bem, museus? Tudo isso há melhor em outros lugares. Violência por todo lado. Cidade suja. Vou a São Paulo visitar amigos. Só!”
“O Rio de Janeiro tem desaguamento de esgoto ali em plena vista maravilhosa. Vemos isso. E as ruas da bela Copacabana? E o que é aquilo que passamos até chegar na Zona Sul? Lembra países chefiados por ditadores no mundo árabe”
“Fico sempre horrorizado quando me buscam de helicóptero e todos numa família tem cada um helicóptero particular. Tem jatos particulares, imóveis, e mais de um, fazendas, motoristas, empregados pra tudo, algo que não se imagina na Europa para milionários comuns como eu”.
“Nunca mais quero ir a certos locais turísticos no Brasil. Aumentam o preço quando percebem que somos gringos. Seja na praia ou em lugares elegantes onde vendem whisky falsificado como se fosse legítimo escocês”.
“Onde se vai há uma oferta boa se pagar uma “propinita”.
“Um país corrupto e cheio de ladrão. Não há segurança. Nunca mais”.
Opinião é pessoal e intransferível. A crítica com argumento, idem.
Todos esses são relatos de gringos… Mentirosos?
Não!!!!
O brasileiro sabe disso!
De FHC a Temer destruíram o país.
Elegemos Bolsonaro e não foi com a ajuda do PSDB, do PDT e do Amoedo. Menos…
Os kombistas que tentam emplacar o pipoqueiro embalsamado Dória – ele tenta copiar o presidente, dá até dó!
Tem a turma do sumidinho Amoedo, o entojo, do partido da turma de banqueiros cineastas e dos pseudo liberais, a esquerda da privatização de Estado do FHC com pitadas Laranjas da turma caviar do Lula Livre mais uns detalhes de “coronéis” da velha política.
São agressivos. Gritam e berram em bloco como criancinhas mimadas nas redes sociais. Adjetivam… Mas não têm argumentos. São riquinhos…
Mas não vale para todo o Partido Novo. Vale para uma turminha que comanda a coisa. Afinal, é um partido de “migrantes”…
Como o “Podemos”, que teve até um “Covas Filho” candidato ao Senado de SP.
Então… Cuidado para não confundir as coisas.
A esquerda quer a divisão. Está unida no mundo todo. Mas quer fazer você acreditar que o inimigo é o gringo da mineradora.
Peraí…
Quem foi que permitiu o sujeito entrar no país, explorar e ainda pagar propina?
Alguém pode me explicar a compactação de lixo tóxico da China e da Índia na Amazônia?
Tem gente das Forças Armadas em cargos elevados que berrou muito pela Dilma, hein?
E berra ainda… Mas… há ótimos militares e Bolsonaro entende bem desse babado.
Ah… Tem o envenenamento nosso de cada dia que precisamos combater e não adianta fake news pra cima do presidente.
A esquerdalha e a entrada de agrotóxicos pelo Paraguai, que não adianta também uns e outros dizerem que não existe mais: existe sim!
E virou uma bola de neve nas últimas duas décadas.
Entra com suporte da banda podre de políticos a Policiais que NÓS povo pagamos!
Desmantelar a bandidagem.
O aparelhamento necessita de ação permanente do governo técnico e espetacularmente montado por Bolsonaro para se desarticular os esquemas criminosos.
Trabalho árduo e contínuo.
Preste atenção:
Quando falar do jornalista que perguntou sobre a Amazônia ao presidente, lembre que os representantes do Brasil no exterior, a “diplomacia” que recém formou a turma Marielle no Instituto Rio Branco passa as informações deturpadas e garante o alimento necessário à imprensa internacional esquerdalha contra Bolsonaro e o governo dele. Boicote Deutsche Welle, El País (na versão em Português, então, que nojo!), Le Monde , CNN, BBC , etc etc…
E Soros financia a pauta globalista e essa esquizofrenia “eco” , “vegan (para beneficiar islâmicos dando fim na carne de porco que é base da alimentação europeia). Eles nos cercam por todos os lados.
Pense com carinho:
Gringo bandido e brasileiro bandido tem bastante. Nem todo brasileiro é FDP e nem todo gringo é Greenwald, vulgo Verdevaldo. A questão não é ser gringo ou brasileiro: é ser bandido!
Trump/Putin/Bolsonaro: Americanos, russos e brasileiros…
Povo que está junto com esses três presidentes contra os que estão juntos com os tipos Poste-Lula Livre, Bobama, e o grupinho comunista da DDR Merkel, que treme ao ouvir falar em Putin.
Ele é um veneno…
Estamos com um belo trio de estrategistas que amam seu povo e seu país. E lutam pelos nossos valores e princípios.
América First!
Rússia First!
Brasil First!
Brasil acima de tudo! Deus acima de todos.
Acho que tem muita gente cagando no maiô!
Let’s do It!
Adiante!

author
Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.