Mudando de conversa


Amigos, sempre gozei o maridão ao chamá-lo de candidato a vereador. Lembro bem que quando nos mudamos para o Flamengo em um dia de sábado, ele e meu irmão tomaram todas as providências para resolver problemas domésticos, enquanto eu não fiz nada. Estava prestes a ser mãe e tinha muita falta de ar.
Pois bem, na segunda-feira seguinte ao irmos para o trabalho, ele cumprimentou meio mundo. Eu perguntei: você já fez esse tanto de amizades? Pois é, fez e foi assim a vida toda. Onde ele chegava conquistava meio mundo. Um líder nato. Até mesmo aqui no ES onde as pessoas demoram um pouco para fazer amizades, principalmente com um carioca que chia, rs.
Pensei que essa característica tivesse acabado na família Vilhena, mas eis que soube que o meu netinho Gabriel estava em um restaurante e viu uma determinada cantora toda atrapalhada com o seu celular novo.
Não sei muito bem como foi a história, porque quem me contou não tem celular e não entende nada de nada. O Gab se prontificou para ajudá-la e deu uma pequena aulinha. Ela ficou tão maravilhada que o convidou para um show dela.
A cantora é dos velhos tempos da MPB e pode ser que quase ninguém a conheça em tempos de “Pablo”, mas ela já fez parte da falecida elite brasileira: Dóris Monteiro.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *