Insuportável é meu nome do meio

Amigos, ando meio cansada de ser chata, mas assumo que sou chata mesmo. Diria que insuportável é o meu nome do meio, mas eu não aguento.

Além de ver o meu lindo país se desmanchando em termos culturais com um monte de drogas que não chegam aos pés de um Tom, um Vinícius e tantos outros, agora tenho que aguentar as mulheres empoderadas. Odeio essa palavra mais do que as baratas.

Empoderadas foram Madame Curie, Ana Neri, Clarice Lispector, Maria da Penha, Cecília Meireles, Simone de Beauvoir e tantas outras mulheres que lutaram e algumas até morreram para que nós tivéssemos um mínimo de dignidade como mulheres.

Lutar pelos nossos direitos exibindo a prexeca e os peitos siliconados só mostra que… Como se não bastasse isso, ainda tem mulher que tem o maior orgulho de dizer que não é feminista. Como assim cara pálida? Você só pode fazer isso hoje, porque alguém morreu por você.

Há menos de cem anos mulher não votava. Você, empoderada, sabe quantas mulheres lutaram por esse direito não só no Brasil como também em muitos países do mundo? Você, formosa empoderada, sabe que quando há uma guerra ou uma guerrilha as mulheres e as meninas são as primeiras a serem violadas pelos vencedores?

Sinceramente eu tenho tido vergonha de ser mulher. Desculpem-me, mas ando meio intolerante de ver tantas mulheres que eu não admiro. Chata, muito chata.

Se quer ser empoderada, estude, mostre que você não veio ao mundo a passeio. Mostre o seu valor como ser humano.

Educação e cultura fazem a diferença.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *