Efeitos especiais

Amigos, quando quero dormir e o sono não chega, procuro ver filmes chatos. O campeão é “O Senhor dos Anéis”, uma das maiores chatices do mundo. Já vi o início desse filme umas cem mil vezes.

Recentemente vi “Deuses do Egito” com o intuito de descobrir novas opções. Acabei vendo o filme todo, não porque tenha gostado e sim porque o sono não chegava.
Pois bem, 90% do filme é feito com efeitos especiais.
Não se espantem se qualquer dia desses tiver no Oscar “melhor computador”, “melhor computador coadjuvante”, “melhor computador revelação” e outros. O computador deveria ser usado como ferramenta de auxílio e não como estrela principal.

“Jasão e Os Argonautas” do início dos anos 1960, como também a obra-prima “2001, uma Odisseia no Espaço” de 1968″ são filmes que foram feitos quase que artesanalmente, com o mesmo efeito e cenas impressionantes.
Vale lembrar “Guerra nas Estrelas” e até mesmo desenhos animados como “Branca de Neve” e tantos outros feitos com as munhecas dos desenhistas.

Para não ser totalmente chata ou intolerante, uma das cenas do filme “E o Vento Levou” tem um incêndio. Os produtores tiveram de construir uma rua com casas falsas e depois tacar fogo em tudo. Se houvesse computador naquela época em cinco minutos a cena teria sido feita.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *