Despedida de Guarapari (1)


Amigos, agora é preto no branco. Vou voltar para o Rio de Janeiro. Não digo que estou feliz, apesar de saber que ficarei brevemente. Eu tenho dificuldade de me separar das pessoas. As vantagens são imensas, mas quando eu penso nos sonhos que o meu marido e eu tivemos ao vir para cá, no nosso apartamento que é maravilhoso com vista para três praias, o coração dói. Isso não é problema. Os parentes e amigos são mais importantes do que qualquer coisa.
Felizmente não cortarei o vínculo com a cidade. Isso posto quero agradecer a algumas pessoas:
1) Pontual Computadores que sempre me ajudaram, principalmente o meu querido Tiago Liebe. Nunca, jamais, em tempo algum vou esquecer que tive um problema com a impressora e a minha filha precisava imprimir o seu TCC. Ela foi lá, eles imprimiram não sei quantas páginas e eles não me cobraram nada.
2) Luis motorista de táxi que nos levou para Vitória quando meu marido adoeceu e só paguei depois. Melhor do que isso, eu pedi para ele alugar uma cadeira de rodas, ele foi nos buscar e mais uma vez só paguei no dia seguinte a corrida e o aluguel. Pessoa querida do meu coração.
3) Os porteiros do meu prédio, como também do prédio em frente. Infelizmente não vai dar para comentar o tanto que eles foram maravilhosos, porque o assunto não vai terminar nunca. Verdadeiros anjos da guarda.
Amanhã vem mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *