Cafonices

imagesQueridos leitores, há algum tempo escrevi uma coluna sobre comidinhas cafonas. Sim, aquelas que não são servidas em restaurante que preste e muito menos aparecem nos programas de culinária que a todo momento vemos na televisão. Por conta de um post no Facebook com essa foto, relembrei de umas coisinhas bem cafonas que escrevi naquela época e mais outras:
COPO DE REQUEIJÃO – Ah amigos, vamos combinar que é legal ter uma louça bem bonitinha em nossas casas, né? Eu tenho dois aparelhos de jantar: um que comprei e outro que herdei da minha sogra após o seu falecimento, mas cá entre nós, que ninguém nos ouça, não é uma delícia ter uns copinhos de requeijão ou  extrato de tomate em casa para tomar um cafezinho gostoso? Eu tenho uns dois ou três e mais uns daqueles que os botequins servem cafezinho.
MIOJO COM OVO FRITO – Fala sério, ninguém merece comer uma refeição dessa, né? No entanto, em alguns dias você se dá conta de que a última vez que fez compra de mês no supermercado foi quando Dom João VI chegou ao Brasil. Abre as portas dos armários e da geladeira e se dá conta de que o pouco que existe vai demorar a ser feito. Ainda sobrou um pacotinho de Miojo e na geladeira tem dois ovos pedindo desesperadamente que sejam fritos, porque não aguentam mais o gelo lá dentro. Seus problemas acabaram. Faça o Miojo, escorra a água e com o macarrão ainda molengo, jogue aquele temperinho, os dois ovos e mexa bem. Hummmm.
PÃO COM MORTA(N)DELA – Sim, mortandela. Cafona que se preza, precisa falar errado. Você é garotão e namora uma garotona, ambos menores de idade e ainda faltam alguns dias para o papai dar mesada. O que fazer? Com a pouquinha grana que você e a namorada têm, vão à padaria, compram uma bisnaga, 100g de mortaNdela, uma latinha de refrigerante e façam um sanduíche bem gostoso. Obviamente comam isso na praia, caso morem no litoral ou em um parque se for no interior.
MACARRÃO COM FEIJÃO – Existe uma multidão de pessoas que acha um verdadeiro sacrilégio comer macarrão com feijão. Gente, a minha sopa predileta é de feijão batido no liquidificador, macarrão e músculo. Taí, isso eu não acho cafona, mas tem gente que acha.
KETCHUP E MOSTARDA NA PIZZA – O maridão namorou uma paulistana que ficou indignada quando se mudou para o Rio e viu os cariocas cometendo o “crime” de colocar ketchup e mostarda na pizza. Ela disse que em Sampa ninguém faz isso. Até aí tudo bem, mas pior ainda ela ficou quando viu gente fazendo isso com as batatas fritas. Concordo com ela. Essas delícias não combinam com pizza e batatas fritas. 1 a 0 para os paulistanos que são chiques…
MOSTARDA PRETA NO BIFE (MOMENTO TERNURA) – Essa foi contada pela minha mãe. Meu pai chegava tarde do trabalho e eu já estava dormindo. Ele dava um jeito de me acordar e jantava. Um prato que ele amava era bife em que ele colocava um tantinho de mostarda preta que naquela época não existia no Brasil, acho eu. Bom, quando eu conheci essa mostarda, eu já era adolescente. Pois bem, minha mãe um dia descobriu no supermercado, fez um bife bem gostoso para mim e colocou a mostarda. Imediatamente me lembrei de algo, mas não soube identificar o que era. Aí ela me explicou que quando eu era bebezinha eu adorava esse prato. Não sei se é cafona ou não, mas eu adoro até hoje.
BAMBALALÃO, SENHOR CAPITÃO – Um hábito que alguns nordestinos têm é de comer com a mão. Minha sogrinha só usava garfo e faca fora de casa. No seu lar era assim e quem não quiser que se dane. Minha avó às vezes fazia isso, mas não era comum. Nós chamávamos o bolinho que ela fazia com as mãos de bambalalão, senhor capitão. Nos jantares na casa da minha sogrinha, os filhos pediam bolinhos. Eu ficava com água na boca, mas nunca tive coragem. Se eu tivesse atentado naquela época que ela iria morrer, eu teria pedido um também.
BOM, ISSO NÃO É CAFONA – Qual a coisa mais gostosa em um churrasco? As carnes? Não. A farra? Também não. As bebidas? Nem pensar. O mais gosto de um churrasco é a farofa com o molho a campanha. Mais descendente de nordestina impossível.
BOM, ISSO NÃO É CAFONA, O RETORNO – Qual a coisa mais gostosa em uma peixada? O peixe? Não. A farra? Não. As bebidas? Nem pensar. O mais gostoso de uma moqueca ou peixada é o arroz com pirão. Continuo sendo descendente de nordestina. Farinha de mandioca é o céu na Terra.
Bom queridos, ainda tenho mais cafonices que eu me lembrei, mas vou deixar para uma próxima oportunidade. Então já sabem, comer é bom, é bom demais, Sendo assim, não tenham vergonha de comer o que gostam, tá?
Um lindo final de semana para todos e até o próximo Boletim.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *