Rápido: A culpa é da Dil…

DSC08312
Vou aproveitar que acordei meio golpista e gritar, rapidamente, que a culpa é da Dilma. E vou tentar fazer também as últimas piadas sobre a Mulher Mandioca, porque tá acabando… Semana que vem ela não é mais presidente e, graças a Deus, nunca mais vou ouvir algum idiota falando “presidenta”.
A Hora dos Ruminantes! Vocês viram a Dilmandioca chegando à ONU, rodando chicletes (goma de mascar) na boca? Que classe! Virou moda com a mulher do João Santana? É pro nervosismo? Não tem outra coisa pra mascar, chupar, cuspir ou engolir? Sim, porque petistas evoluem a cada dia. Haja Darwin! Sabem mascar e cuspir. Haja pasto!
Passei o feriado de Tiradentes em casa, com a TV ligada: me deu vontade de ser enforcado e esquartejado! Culpa da Dilma. Se não fosse ela eu estaria em Paris e até no Senegal. Vi uma reportagem sobre o Senegal. Tem um programa lá, Muralha Verde, que planta batatas e hortaliças – mandioca não vi – para conter o crescimento do deserto do Saara. Besteira, tem uma estratégia muito mais eficaz, como reza a lenda. Bota o governo do PT pra administrar o deserto e, em menos de cinco anos, vai faltar areia…
Aquela ciclovia que desabou no Rio, feito tarde e viaduto cariocas; como prédio do Sergio Naya na Barra da Tijuca, também é culpa da Dilma: ciclovia, bicicleta, ciclistas, pedaladas… Tá na cara. Um dos mortos era gari comunitário. O que é gari comunitário?
Aquele estande da construtora Cyrela, que desabou, dia seguinte, em São Paulo, também é coisa da Dilma. Viram o nome da rua do estande? Michel…
Aquele Prince que morreu… clara alusão ao Príncipe de Maquiavel e ao Príncipe da Sociologia, FHC… Quem matou, quem, quem? Dilma, ué… Onde já se viu alguém morrer em Minneapolis!
A Dilma tava lá nos Estados Unidos…
E dizem as bocas de Matilde que quando Michael Jackson morreu, Dilma foi vista nos arrabaldes da casa dele, com um monte de seringas na mão…
Te cuida Madonna!
Enquanto Prince morria com 57 anos, Roberto Carlos invertia tudo e fazia 75. 69 que é bom, nunca mais. Nem com o Marasmo Carlos.
E que calor! Culpa de quem? Do aquecimento global? Não. Meu ventilador capenga custa a funcionar, tá em greve, protestando, fazendo piquete, soprando palavras de ordem, desde que a Dilma ameaçou estocar o vento… Meu ventilador teme engrossar o coro dos descontentes e desempregados. Fora Collor!
Não quero nem saber quem morreu, quero saber é qual a melhor carne pra fazer picadinho. Coxão mole ou duro? Isso mesmo. Falo mesmo. Doa a quem doer. Comigo não tem mimimi…
O que será de Dilma? Vai dar aula de Contabilidade Criativa e Ginástica Fiscal em Ubatuba? Vai furar a fila do desemprego ou virar bela, recatada e do lar? Ops! esqueçam o bela… Por falar nisso, se vocês tivessem uma mulher como a do Temer, vocês iam querer sair do lar, ser presidente? Claro que sim, tô brincando. Até caviar, todo dia, enjoa… Daí o sucesso da mortadela…
Decadência sem Roma, Atenas e elegância.
Voltando à Dilma na ONU, que fofa, que meiga! Falando sobre a mudança de clima: ela sai, o Temer entra, penetra. Meu ventilador estava certo.
E ela é tão Dilma que sabe nem pronunciar o nome do presidente francês, chamou o cara de François “Holan”. O francês não é uma língua para iniciantes quadrúpedes, mas em rara exceção, Hollande se fala… Hollande mesmo.
Pano rápido e, da semana passada, para ontem, dia 26 de abril. Lá estava eu tendo orgasmos múltiplos e figurados com a eleição do presidente e do relator na Comissão Especial de impeachment no Senado. Para desespero da petralhada, a eleição foi ontem, mas a placa e o calendário do relator Antonio Augusto Anastasia já estavam escritas pelo Pero Vaz de Caminha, Kkkkkkk.
Este é PT que a gente ama. Seus asseclas estavam estarrecidos e indignados com a nomeação de Anastasia – leia-se Aécio –  mas queriam, na maior cara de pau, fazer Lula ministro; não para ajudar o governo, mas para escapar da prisão. Ô gentalha! Ô raça!
É… O prazo de validade da Dilma está acabando, só falta uma semana… o problema é: o que fazer com o corpo?
Questão de ordem: tô com uma saudade severa do Eduardo Cunha. E, em homenagem ao Meu Malvado Favorito, todo deputado canalha e corrupto, que saiba usar a língua portuguesa, deveria ser anistiado.
PS: bom, daqui a pouco a vizinha do 508 vem pedir uma xícara de açúcar ou adoçante. Vou ali comprar Viagra genérico. Culpa da Dilma!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *