Sol Quadrado


No último dia 26, o ex-ministro e ex-milionário Geddel Vieira Lima, desacatou um agente penitenciário da Papuda, e como castigo foi mandado para a masmorra.
O motivo? Ele teria se recusado a passar por revista depois de ter recebido a visita de seu irmão, contrariando as normas do presídio.
Além de não se deixar revistar, Geddel, segundo O Antagonista, teria exibido seus penduricalhos pro agente.
É claro que ele não gostou nadica de nada do que viu (mas convenhamos, quem teria gostado?) e mandou o moço direto pra solitária onde vai ter de ficar pensando na morte da bezerra, por até 10 dias.
Durante esse retiro espiritual, o ex ministro, não vai poder tomar banho de sol nem de chuveiro, porque no espaço dois por dois, só cabe uma piazinha, um buraco no chão onde deposita seus dejetos (🤮), e uma cama de alvenaria sem colchão.
Que merda, hein Geddel? Ainda se você tivesse todos aqueles maços de dinheiro, encontrados nas malas no teu apartamento, podia improvisar um colchão. Com 51 milhões daria pra fazer um super-king e ainda sobraria pros lençóis!
Lula, o outro preso, nervosinho porque está sentindo que não vai mesmo poder se candidatar, virou o disco e agora sonha em ganhar um bilhete de prisão domiciliar, carimbado pela turma do apito amigo do STF. Já falou com seus advogados para que consigam um, mas com uma condição: a de não ter de usar tornozeleira. (Invejoso! Tá achando que é o Zedirceu, e que o Toffoli também come na tua mão, é?). E se achando o rei da cocada preta, disse que prefere ficar preso a ter de usar uma tornozeleira eletrônica.
Finalmente um pensamento de Lula que vai de encontro ao pensamento de milhões de brasileiros, que viram seu suado dinheirinho saindo pelo ladrão, (ou para o ladrão), enquanto ele e sua turma mandavam e desmandavam no país. Nós, também preferimos que ele fique preso!
Agora quem ganhou um “presentão” nessa semana, foi o Sérgio Cabral. Ele e a mulher concordaram em devolver uns bens avaliados em 40 milhões de reais em troca de redução de pena. Um deles é a badalada mansão de Mangaratiba, seu xodó! (Mas não deve ter doído tanto, já que, ultimamente, não tem conseguido passar seus fins de semana lá!). Com isso sua pena nessa ação, a mesma que condenou Eike Batista a 30 anos de prisão, foi reduzida em 8 anos e oito meses! Sabem o que significa isso? Nada, considerando que todas as suas penas somadas passam dos 120 anos! Mas para a dondoca Adriana Ancelmo, foi um presentaço! Se safou da cadeia, já que a redução foi de quatro anos, exatamente, o que ela ainda devia pra justiça.
E por falar em presidiários, quem quase saiu da cadeia essa semana, foi o Eduardo Cunha, preso desde 2016. Num arroubo de extrema bondade, o Ministro Marco Aurélio Mello mandou soltar Cunha, derrubando uma prisão preventiva decretada pela justiça federal do Rio Grande do Norte, quando se apurou o envolvimento (leia-se recebimento de propina das já manjadas empreiteiras Odebrecht e OAS) do meliante, digo, do então deputado federal, na construção da Arena das Dunas, feita exclusivamente para a Copa de 2014. Por sorte (nossa), Cunha tem outros processos nas costas e vai passar mais uma longa temporada de veraneio na cadeia! (A não ser que…)
E como todo bom bandido tem um advogado bem pago pra acobertar suas falcatruas, o seu, Pedro Ivo Velloso, divulgou uma nota dizendo que o despacho do ministro “é um resgate da legalidade e da Constituição”!
Ainda toca ouvir isso!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *